Manaus,
×
Manaus,

São Paulo Fashion Week estreia com overbooking em desfile da ARTEMISI

Com cinco estreias num total de 38 apresentações, esta edição encerra o Festival SPFW+ Origens/Ressignificar


O SPFW e o Iguatemi São Paulo receberam os primeiros desfiles da temporada N56, com o tema “Origens”, na manhã desta quarta-feira (8). Além do Komplexo Tempo, que sedia os desfiles nas noites do evento, outras locações espalhadas pela cidade de São Paulo (SP) também devem receber programações até o próximo dia 12, compondo a maior semana de moda da América Latina.

Foto: Divulgação/@agfotosite

Com cinco estreias num total de 38 apresentações, esta edição encerra o Festival SPFW+ Origens/Ressignificar, com início em maio deste ano e que propôs um contato com as raízes humanas mais profundas para ressignificar e evidenciar conhecimentos, transformando ideias e destacando a importância das pessoas e do coletivo.

O primeiro dia do festival começou com a marca Patricia Viera, que trouxe peças criadas em processo artístico e autoral, marcadas por mosaicos, metalizados, aplicações e recortes a laser. A atriz Mônica Martelli foi quem abrir o primeiro desfile do SPFW N56, e Celso Kamura assinou a make das modelos.

Em seguida, João Pimenta inundou o palco com sua nova coleção que constrói formas, texturas e costuras para representar o sincretismo espiritual do Brasil, com muitos tons de dourado, preto e branco. A maquiagem e preparação dos modelos foi realizada pela equipe Senac.

Para finalizar a primeira manhã do evento, Depedro honrou a moda feita à mão e sem pressa, e criou uma união com o passado e o futuro, através de técnicas ancestrais, como bordado e crochê, e o uso de algodão orgânico e bio pintura. O desfile ainda contou com nomes estrelados na passarela, como Fred Nicácio, Gabriel Fop, Bil Araújo, Daniel Lenhardt, Ale Pierozan e Guilherme Napolitano.

Foto: Divulgação/@agfotosite

Sold out

Uma das estreias do SPFW N56, a ARTEMISI apresentou o tempo como objeto principal de sua coleção, que levou o nome de “Réquiem for the time” e levou o público presente ao delírio. Por meio das mais novas e variadas técnicas, Mayari Jubini, criadora da marca, quis evidenciar para as centenas de convidados o jeito que ela encontrou para acessar novos mundos na infância, recheados de referências de arte e cinema que sempre estiveram presentes em sua memória.

“O réquiem é uma composição clássica para a morte. Quando dizemos réquiem para o tempo estamos fazendo menção à morte do passado. Mostrando a queda do tempo e exibindo o futuro”, explica Mayari. O nome faz também alusão ao título do filme “Réquiem for a dream”, adaptado para “Réquiem for the time” por Mayari ao propor a coleção que representa “a morte do tempo”.

A coleção é composta por 24 looks com a base em preto, prata, dourado, cinza, vinho, azul e off white, e neles se apresentam técnicas que vão desde peças em impressão 3D com diferentes formas, texturas e transparências, além de impressão 3D fundida no tecido, passando por bordados, pinturas manuais e estampas, tridimensionalidade criada com modelagem e peças inteiramente montadas a mão, até um look inteiro feito em aço. A beleza do desfile foi assinado pela TRUSS.

Foto: Divulgação/@agfotosite

Estreias

Além da ARTEMISI, que já vestiu de Xuxa a Demi Lovato com criações únicas, outras marcas poderão ser vistas pela primeira vez nas passarelas do SPFW. São elas:

• Matheus Cardoso, mineiro que vai apostar na alfaiataria street e é um dos destaques desta geração que trabalha com alfaiataria de maneira autêntica.

• João Maraschin, designer gaúcho com forte presença internacional e que cria processos sustentáveis equilibrando tecnologia e artesanato, com um olhar para o desenvolvimento colaborativo.

• SAU, marca de moda praia da estilista cearense Marina Bitu, que já integra o line-up do SPFW desde a edição passada.

• Hist, também tem como fundadora a designer cearense Giuliana Braide, que une streetwear com alfaiataria, e foi destaque no report global do WGSN.

Foz e Heloísa Faria, que participaram com fashion filmes na edição passada, fazem sua primeira apresentação presencial. E quem retorna ao line-up é a estilista Helô Rocha, que faz um desfile presencial de sua grife.

Confira o line-up completo abaixo:

08.11

  • 10h Patricia Viera
  • 12h João Pimenta
  • 14h30 Depedro
  • 16h Helô Rocha
  • 17h30 Korshi 01
  • 19h SAU
  • 20h Martins
  • 21h30 ARTEMISI

09.11

  • 10h Foz
  • 12h The Paradise
  • 14h30 Marina Bitu
  • 16h Mateus Cardoso
  • 17h30 Sou de Algodão
  • 18h30 Rafael Caetano
  • 19h30 TA Studios
  • 20h30 Walério Araujo
  • 21h30 Handred

10.11

  • 12h Greg Joey
  • 14h30 Apartamento 03
  • 17h30 Ronaldo Silvestre
  • 18h30 David Lee
  • 19h30 Weider Silverio
  • 20h30 HIST
  • 21h30 Dendezeiro

11.11

  • 10h Ateliê Mão de Mãe
  • 12h João Maraschin
  • 14h30 Angela Brito
  • 17h30 Rocio Canvas
  • 18h30 AZ Marias
  • 19h30 Renata Buzzo
  • 20h30 Santa Resistência
  • 21h30 Forca Studio

12.11

  • 16h Lino Villaventura
  • 17h30 LED
  • 18h30 Lucas Leão
  • 19h30 Heloísa Faria
  • 20h30 Gefferson Vila Nova
  • 21h30 Boldstrap

 

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão . Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 12 =