Manaus,
×
Manaus,

“A Amazônia é das mais importantes referências brasileiras” diz Paulo Borges

Idealizador e Diretor Criativo do São Paulo Fashion Week esteve em Manaus para o Manauara Connection, evento de moda do Manauara Shopping


O que a cultura amazônica tem a ver ou influencia a moda, seja em termos de produção local ou nacional? Essa pergunta foi explorada ao máximo através das atividades propostas pelo Manauara Connection, evento proprietário do Manauara Shopping que ainda buscou conectar a ancestralidade da região às ferramentas e metodologias atuais, recheadas de inteligência artificial.

Paulo Borges, diretor criativo do SPFW (Foto: Reprodução Internet)

Chancelado por Paulo Borges [https://www.instagram.com/pborgesj/], idealizador e diretor criativo do São Paulo Fashion Week, o Manauara Connection também contou com a consultoria e direção de moda de Paulo Martinez, e a direção artística de Richard Luiz. Nas passarelas do Manauara Connection, os modelos convidados Fernando Schnerocke e Carol Ribeiro arremataram com o peso internacional que o evento precisava.

Com exclusividade para o Fila A, Paulo Borges falou da cultura amazônica e como essas referências são importantes para o mercado nacional da Moda.

“A Amazônia é das mais importantes referências brasileiras. Sempre foi. Hoje é mais, e amanhã será ainda muito mais”, disse. “A matéria prima deve ser a grande fonte de inspiração para se criar uma referência de moda não só para o Brasil, mas para o mundo”, completou.

Para o idealizador do SPFW, tido como o maior evento de Moda da América Latina, Borges se descreve como um grande maestro da orquestra de cores e formas amazônicas proposta pelo Manauara Connection. “Eu precisava ouvir todas as letras dessa partitura para poder fazer a música ser potente e influente”, disse.

Paulo acredita fortemente que eventos como este trazem mais valorização e reconhecimento para os mercados locais de Moda, por isso, sobre o Manauara Connection, ele ainda afirmou: “Existe propósito, causa e construção legítima de fortalecimento desse ecossistema de economia criativa, onde a valorização toca direto no ponto: a identidade amazônica, manauara”.

É claro que o Fila A não deixaria a oportunidade passar sem tirar uma casquinha do que pode vir pela frente, e perguntou para Paulo quais eram as expectativas de tocar projetos que valorizam cada vez mais a diversidade natural do Brasil, e ele respondeu para nós: “Sempre busco aprender a cada dia, a cada projeto. Inovar não só tem em si a força de transformar, mas de criar conexões, uma espiral sem limites de desenvolvimento. Eu espero poder mergulhar mais, aprender mais, e trocar sempre. O futuro é Bio”, finalizou.

A edição 56 do SPFW [https://www.instagram.com/spfw/] será a maior deste ano e já tem data confirmada, entre os dias 8 e 12 de novembro, com o tema “Origens”. É nela que veremos as performances de João Pimenta, Walério Araújo, Dendezeiro, Az Marias, Bold Strap, Lino Villaventura e muitas outras marcas que estão sob a melhor versão da curadoria de Paulo Borges.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão . Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =