Manaus, 2 de dezembro de 2021
×
Manaus, 2 de dezembro de 2021

Entrevistas

‘O patrimônio do Garantido vai continuar nas mãos do Garantido’

Beto Nicolau, presidente do Grupo Samel, em entrevista exclusiva para o Portal Mazé Mourão


“O nosso boi tem que sair de Parintins e ganhar o mundo. Nosso interesse é continuar viva a tradição, o folclore, a alegria do nossos bois Garantido e Caprichoso”, disse Beto Nicolau, presidente do Grupo Samel, no vídeo gravado para o Portal Mazé Mourão, durante entrevista exclusiva sobre o que motivou a Samel adquirir, em leilão, os bens do boi Garantido.

PORTAL MAZÉ MOURÃO – Quais os bens do boi Garantido que entraram o leilão que a Samel deu o lance e adquiriu?

BETO NICOLAU – Entrou o curral, onde fazem os shows, um terreno de 2 mil 800m2 , além do barracão onde fazem as alegorias. Estarei em Parintins, esta semana, para confirmar esse patrimônio que nós arrematamos em leilão.

PMM –Por que a Samel se interessou pelo leilão do boi Garantido?

BN – Como empresa amazonense, tivemos a intenção de não deixar o patrimônio cair em mão erradas. Nas mãos de pessoas que quisessem explorar o boi Garantido. O que nós queremos é ajudar o folclore, a cultura popular do nosso Amazonas e moralizar a agremiação. Não se pode ficar devendo as pessoas, anos e anos. Tanto o Garantido quanto o Caprichoso devem ter uma administração profissional, com transparência, prestação de contas.

PMM – A sua empresa vai entrar na administração do boi?

BN – Vamos apoiar alguém que tenha os mesmos objetivos da Samel. Ou seja, de fazer o bem para o boi. Não de pessoas que querem ficar ricas as custas de artistas e trabalhadores que ficam pobres. Existem pessoas que estão há mais de cinco anos sem receber, ou seja, trabalhadores de salário mínimo. Não vamos ser coninventes com isso. Tem que ter no boi, como sugestão, uma administração séria, transparente, com auditoria, com prestação de contas mensal. Quem preside o boi não é o dono do boi. O boi é um patrimônio mundial. Queremos que tenha o destaque que ele merece ter. Mundialmente!

PMM – A Samel vai tirar o boi Garantido do ‘lugar dele?’

BN – Jamais. O boi Garantido vai continuar nas mãos do Garantido. O patrimônio é da Samel, não vamos doar, vamos emprestar com valor simbólico. Mas, primeiro vamos fazer uma ampla reforma e entregar melhor do que nós pegamos. Entregar para pessoas compromissadas com os mesmos objetivos da Samel. O boi vai  ter o lugar de destaque que ele merece, e não fazer dele a sua profissão. Quem vai administrar o boi deve ser uma pessoa bem resolvida financeiramente, e não entrar para o boi e ficar bem de vida. Esse tipo de gente que não tem espírito público, não vamos apoiar.

PMM – A Samel tem interesse em participar do leilão do boi Caprichoso?

BN – Estão me perguntando isso. Caso aconteça, o que ia acontecer com o Garantido, vamos participar do leilão, sim. Caso vá para as mãos de pessoas que não estejam bem intencionadas, não queiram ajudar o boi, nós vamos participar, sim, do leilão. Com o Garantido, fiz um resgate da cultura popular. Caso precise, faremos de novo, com o Caprichoso. Queremos que os parintinense usufruam dos bois. É esse o nosso objetivo maior.

(FOTO: Do acervo PMM) Uma feliz coincidência: David Assayag foi visitar Beto Nicolau no momento da entrevista para o Portal Mazé Mourão

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code