Manaus,
×
Manaus,

Eventos antecipados aquecem turismo para o 57º Festival de Parintins

Bumbás Caprichoso e Garantido movimentam a economia e o turismo na ilha antes do período do Festival


A Ilha Tupinambarana (369 quilômetros de Manaus) recebeu milhares de turistas e visitantes para os eventos dos bumbás Caprichoso e Garantido, realizados entre os dias 26 e 30 de abril. As festas movimentaram o turismo e aqueceram a economia local.

amazonastur_compra_segura-festival_de_parintins_foto_alex_pazuello_secom-2

Foto: Alex Pazuello/Secom

Ao menos 45 estabelecimentos cadastrados no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), tiveram lotação máxima durante o fim de semana das festas.

Segundo dados do Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), o município espera receber cerca de 120 mil turistas para o 57º Festival de Parintins, gerando uma média de R$ 150 milhões de receita para o estado. 

Para a hoteleira Emile Maia a movimentação dos eventos que antecedem o Festival é sempre intensa, mas em comparação aos anos anteriores, o último fim de semana do mês de abril deste ano foi altamente positivo.

“Houve uma movimentação intensa e com as reservas do hotel, posso afirmar que foi uma semana de pré-festival. Este ano tem o seu diferencial”, destaca a hoteleira.

Caravanas

Os eventos levaram torcedores da capital e de municípios mais próximos para a Ilha da Magia, em voos diretos de Manaus-Parintins. Além disso, muitos foram em embarcações regionais, conhecidas como caravanas, que lotaram a cidade.

Caprichoso

A prévia do festival teve início, no dia 27 de abril, com festa dos torcedores do boi-bumbá Caprichoso. Milhares de pessoas acompanharam o lançamento do álbum “Cultura o Triunfo do povo” no Curral Zeca Xibelão.

amazonastur_lancamento_do_album_do_boi_caprichosofoto_lucas_silva-5

Foto: Lucas Silva/Amazonastur

O evento apresentou as 18 toadas do álbum que irão guiar a apresentação do bumbá nas três noites do 57º Festival de Parintins.

A parintinense Lohanna Soares, que comparece todos os anos ao evento, demonstrou emoção e animação com a expectativa para o 57º Festival de Parintins. “Eu fico muito feliz e honrada em participar todos os anos desse evento. E esse tema de 2024, me emociona”, revelou.

O turista manauara Rodolfo Santana desembarcou na Ilha com amigos, especialmente, para o evento do bumbá. “Estou aqui nessa festa maravilhosa para comemorar o tema de mais um ano do lindo festival que o Caprichoso vai fazer. E para essa festa maravilhosa, eu e meu grupo de amigos viemos de Manaus para brincar de boi”, contou o animado torcedor.

Garantido

Tradicional festa do boi bumbá Garantido, a Alvorada, também movimentou os estabelecimentos turísticos. Realizada na madrugada desta quarta-feira (1), a Alvorada teve como ponto de partida a Cidade Garantido. No evento, milhares de pessoas acompanharam o trajeto a pé, andando quilômetros por horas, ao som de toadas antigas do boi Garantido, até o amanhecer e chegar ao ponto final: a Igreja Nossa Senhora do Carmo.

amazonastur_alvorada_do_boi_garantidofoto_lucas_silva_amazonastur1429

Foto: Lucas Silva/Amazonastur

Quem acompanhou tudo pela primeira vez e se emocionou foi a turista paulista Nicole Barbieri. Ela estava em Parintins e aproveitou as datas para ver de perto os bumbás. “Eu conhecia o festival por meio de relatos de um amigo manauara. Ele falava muito sobre a festa, mas os relatos dele nem se comparam a grandiosidade do festival. Toda a cidade, as coisas, as pessoas se vestem, tudo é a vivência. É muito lindo”, declarou.

Há mais de 30 anos, a parintinense Joana Souza produz sua própria bandeirinha. Ela foi para a Alvorada com a vizinha e mais familiares. Joana revela que o planejamento é amanhecer na catedral e depois seguir para a missa. “Sou Garantido desde que nasci. Acompanho a Alvorada sempre, todos os anos. Com muito amor e carinho faço a minha bandeirinha e venho para Alvorada. E este ano está sendo inigualável”, afirma Joana.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão . Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − oito =