Manaus,
×
Manaus,

Arte urbana ganha os muros da Ilha Tupinambarana

As três edições do projeto somam 32 muros artísticos, assinados por artistas visuais parintinenses consagrados e da na nova geração


Diferentes técnicas de pintura, com o predomínio do grafite, revivem os muros de Parintins, compondo a terceira edição do projeto “Parintins, Galeria Cidade Aberta”. Neste ano, serão 10 novos muros revitalizados com obras de artistas visuais locais, somados aos trabalhos das edições anteriores, irão totalizar 32 muros artísticos. A iniciativa, que propaga a arte urbana, ganha as ruas da Ilha Tupinambarana (distante 369 quilômetros de Manaus).

cultura_galeria-cidade-aberta6_eduardo-melo

Secretaria de Cultura e Economia Criativa/ Eduardo Melo (Liceu Parintins)

Com as características de uma galeria de artes a céu aberto, o projeto promovido pelo Governo do Estado, coordenado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa, integra a programação alternativa do 57º Festival de Parintins, que ocorre nos dias 28, 29 e 30 de junho.

As obras, espalhadas pela ilha, retratam o cotidiano dos ribeirinhos, a cultura dos povos originários, o folclore enraizado no boi-bumbá e nas lendas amazônicas. A cada temporada, o “Parintins, Galeria Cidade Aberta” dá vazão ao talento dos artistas visuais parintinenses dando a eles a oportunidade de evidenciarem os seus trabalhos, democratizando a arte urbana.

cultura_galeria-cidade-aberta_eduardo-melo

Secretaria de Cultura e Economia Criativa/ Eduardo Melo (Liceu Parintins)

 

O secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, destaca que o projeto representa a expressão coletiva da cidade, conhecida nacionalmente pela cultura e classe artística pulsantes.

“O Parintins, Galeria Cidade Aberta é o resultado do talento dos artistas parintinenses consagrados e da nova geração que se consolida a partir dos cursos do Liceu de Artes Ofício Claudio Santoro”, afirma o secretário. “Durante a temporada do festival o município recebe um grande número de visitantes, que passam a conhecer e admirar o trabalho desses artistas. Muitas portas são abertas a eles no cenário nacional e internacional, valorizando a cultura do Amazonas e o legado artístico local”, complementa.

cultura_galeria-cidade-aberta3_eduardo-melo

Secretaria de Cultura e Economia Criativa/ Eduardo Melo (Liceu Parintins)

As obras que estampam os muros do projeto são concebidas pelo artista visual e executadas em parceria com um time formado por profissionais de excelência, além de alunos e egressos do Liceu Claudio Santoro de Parintins.

Artistas, obras e locais de ativação

Andrew Viana

“A cara do Brasil indígena”

Onde: Tribunal Regional Eleitoral (TRE) – 1º. Vara da Comarca de Parintins, rua Jonathas Pedrosa, nº 1985, Centro

 

 

Dennis Amoedo

“Caminhos das águas: sonhos do pajé”

Onde: Escola Estadual Senador Álvaro Maia, rua Cordovil, nº 2387, Centro

 

 

Dermison Salgado

“Matriarcas”

Onde: Escola Estadual Dom Gino Malvestio, avenida Geny Bentes, nº 3482, Paulo Corrêa.

 

 

Glaucivan Silva

“Redário amazônico”

Onde: Res. Rafael Cavalcante Assayag (muro próximo à Praça dos Bois – Caprichoso), rua Maués, nº 36, Raimundo de Menezes.

 

 

Inácio Paiva e João Ferreira

“Utopia de curumim”

Onde: Idam Parintins (Central de Artesanato Soarte), rua Boulevard 14 de Maio esquina c/ rua Gomes de Castro, nº 61, Centro Histórico

 

 

Josinaldo Matos

“Meu rio, minha rua, minha vida”

Onde: Escola Estadual Padre Jorge Frezzini, rua Cordovil, nº 100, Centro

 

 

Levi Gama

“Cobra-canoa, cobra da vida”

Onde: CETI – Dep. Glaucio Gonçalves, rua Barreirinha, nº 1286, São Vicente de Paula

 

 

Os Ribeirinhos – Gabriel Menezes e Hiago Xavier

“Águas da vida…”

Onde: Drogamais, rua Senador Álvaro Maia, nº 2637, Centro

 

 

Pito Silva e equipe

“Sherwin Williams Colorindo Parintins – Azul do Caprichoso”

Onde: Escola de Artes Irmão Miguel de Pascalle (anexo ao Curral Zeca Xibelão), rua Gomes de Castro, 685, Centro

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão . Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − cinco =