VIREI-CASACA

Por Mazé Mourão
VIREI-CASACA

O que mais eu gostava, quando chegava na Redação, segunda-feira, era saber que descobriria, pelas camisetas dos repórteres, dos fotógrafos, da diagramação e afins, quem havia ganhado o jogo do final de semana, além da ‘caraContinue lendo…

GENTILEZA, AGORA

Por Mazé Mourão
GENTILEZA, AGORA

Leiam, por favor. ‘A elegância do agora’ (Tordesilhas), livro que Constanza Pascolato lançou. Tem que virar livro de cabeceira para toda e qualquer pessoa. Não é complicado para ler, pois as letras são grandes e oContinue lendo…

CORINGA

Por Mazé Mourão
CORINGA

Quando terminou o filme ficamos, Abílio Nery e eu –sentados por um tempo, no mais absoluto silêncio. Aquela mudez que o impacto faz quando a pessoa não sabe o quê comentar sobre a película. Porque aContinue lendo…

MANU&MAZÉ

Por Mazé Mourão
MANU&MAZÉ

Essas coisas que a vida nos reserva e, sei lá porque cargas d’água, vamos seguindo com o tempo. Me deparei com duas obrigações. A primeira, levar a Manuela para ver o Alok. “Como isso, menina? OContinue lendo…

Namoro Virtual

Por Mazé Mourão
Namoro Virtual

Tenho me divertido com os sites de relacionamento. Não vem me dizer que nunca entrou em um, nem que seja para brincar… pois fui cascavilhar esse fascínio tecnológico onde as pessoas se encontram ou se descobremContinue lendo…

A MÃE DAS ÁRVORES

Por Mazé Mourão
A MÃE DAS ÁRVORES

Não tinha como ser diferente, ouvi, mesmo, o comentário de dois turistas, no almoço, durante um passeio, que existe em Manaus, em barcos confortáveis e com guias experientes. “O motorista me disse que os amazonenses achamContinue lendo…

Ética do Passageiro

Por Da redação
Ética do Passageiro

Sempre penso se daria certo fazer o ‘Manual do Passageiro’, especialmente para quem viaja de avião. Nesse momento, sentada aqui na minha poltrona, 1 A, significa que estou na janela e que paguei, sim, paguei oContinue lendo…

Netas. Como sabê-las?

Por Mazé Mourão
Netas. Como sabê-las?

Tenho duas. Meninas. Diferença de idade entre elas: 14 anos. Quando a primeira nasceu, senti um assombro. Tipo, como vai ser o mundo para essa menina? Mas, ao vê-la, pela primeira vez, quando veio para mamar,Continue lendo…

Os Bórgias

Por Mazé Mourão
Os Bórgias

Passei tempos -recentes -com aversão a séries das plataformas de streaming. É, essas que fascinam meio -mundo. Sempre ouvia comentários sobre pessoas que amanheciam vendo os capítulos de temporadas, até a exaustão. Imaginava o dia delas.Continue lendo…

Almas gêmeas

Por Mazé Mourão
Almas gêmeas

Ao comentar o show de Fábio Jr., ao vivo, na rádio CBN, a competente apresentadora Ana Maria Reis fez a pergunta: “Você já encontrou a sua alma gêmea (se referindo à música do cantor)?”. Respondi arianamente:Continue lendo…