CHILLIQÜE DE NOVIDADES

Por Mazé Mourão
CHILLIQÜE DE NOVIDADES

O início de tudo foi lembrança afetiva do ateliê da vó Maria, em Santarém, Pará. Depois, cursando Design na Universidade Federal do Amazonas, pronto, paixão reacendida e surge Mateus Carneiro com a sua Chilliqüe! E com tantoContinue lendo…

TESTEI POSITIVO

Por Mazé Mourão
TESTEI POSITIVO

Enquanto esperava o resultado da tomografia – exame como um nome apavorante e a realização inofensiva – olhei para o teto do hospital da Samel, antigo Prontocord, e vi aquele bocal que tem uns quadradinhos abertos,Continue lendo…

TEMOS TEEATRO!

Por Mazé Mourão
TEMOS TEEATRO!

E assim a cidade vai saindo da letargia e voltando a se movimentar! Quem estava com saudades de teatro aí, gente? Pois temos. Teatro Manauara reabre com uma programação bacana e prestigiando a gente da casa!Continue lendo…

‘SOU DIRETA’

Por Mazé Mourão
‘SOU DIRETA’

Não sou de direita e nem sou de esquerda. Sou direta’, essa frase, entre outras proferidas por Hebe Camargo, durante a série que leva o seu nome, fez com que eu me identificasse com a apresentadora.Continue lendo…

O luxo das casas do rio Negro

Por Mazé Mourão
O luxo das casas do rio Negro

Que friaca que nada! O sol em Manaus é para os fortes, meu Brasil! E quem pensava que a gente ia ficar tristinho, sem os balneários e cachoeiras, por causa da tal pandemia? Nós, os cabocos,Continue lendo…

Gordon ou Tanqueray?

Por Mazé Mourão
Gordon ou Tanqueray?

Sou do tempo que o gin com água tônica, na Boate dos Ingleses, era o sucesso. Na luz negra, o copo fino e alto, ficava iluminado, digamos assim, um escândalo. Nunca tinha bebido esse destilado eContinue lendo…

CHARMOSA, CHIQUE, ACESSÍVEL

Por Mazé Mourão
CHARMOSA, CHIQUE, ACESSÍVEL

A nova D’Casa Home & Decor está maravilhosamente chique, com produtos charmosos, elegantes e a preços acessíveis e Simone Haddad traz para Manaus, com exclusividade, a Studio Mannes, com produtos assinados por designers renomados como MarceloContinue lendo…

A MELHOR

Por Mazé Mourão
A MELHOR

Era a única que me chamava, inusitadamente, de ‘Maria do José’. A gente tinha, sim, alguns códigos secretos que foram com ela para o andar de cima. Seu niver, ontem, eu jamais esqueço. A sua passagemContinue lendo…

EU NÃO SOU CAROLINA, MESMO!

Por Mazé Mourão
EU NÃO SOU CAROLINA, MESMO!

“É hora já sei de aproveitar… lá fora, amor, uma rosa nasceu, todo mundo sambou, uma estrela caiu, eu bem mostrei sorrindo … o tempo passou na janela e só Carolina não viu!” Acordei cantarolando essaContinue lendo…