Manaus,
×
Manaus,

Saúde

Samba, suor e saúde: cuidados com o coração neste Carnaval

Festa é sinônimo de alegria, mas também exige atenção à saúde do coração, especialmente de quem é sedentário e tem doenças cardiovasculares


O Carnaval está associado a diversão e alegria, mas quem pretende entrar no ritmo da festa neste ano, nos próximos dias 10 a 13 de fevereiro, deve prestar atenção, também, à saúde do coração. Principalmente, quem é sedentário e tem doenças cardiovasculares pré-existentes.

fernanda-tavares

(Foto: Divulgação)

“O coração pode ser muito exigido na hora de dançar, pular, sair atrás de trios elétricos, ainda mais em dias de muito calor”, afirma a cardiologista Fernanda Tavares, do Hospital Cardiológico Costantini, de Curitiba. O hospital é referência nacional no tratamento de doenças do coração.

O esforço físico aumenta o ritmo dos batimentos cardíacos, porque o coração precisa bombear mais sangue para atender ao maior consumo de oxigênio do organismo. “Muitas vezes as pessoas ultrapassam seus limites físicos, aumentando os riscos de infarto ou acidente vascular cerebral (AVC)”, explica a doutora Fernanda. O consumo excessivo de álcool é outro agravante.

Para reduzir esses riscos e se divertir no Carnaval com mais saúde, veja as orientações da cardiologista do Hospital Costantini:

Hidrate-se – Beba bastante água ao longo do dia. A desidratação pode colocar mais estresse no coração.

Modere o consumo de álcool – Se optar por consumir bebidas alcoólicas, modere. O excesso de álcool pode aumentar a pressão arterial e sobrecarregar o coração.

Cuidado com o calor – Mantenha -se fresco e protegido do calor excessivo, principalmente se estiver dançando ou participando de atividades ao ar livre. Use roupas leves, proteja -se do sol com chapéus e protetor solar, e procure áreas com sombra para descansar.

Descanse – Dê ao seu corpo tempo para descansar e se recuperar. O cansaço excessivo pode aumentar a pressão sobre o coração.

Alimente-se de forma saudável – Tente manter uma alimentação equilibrada, incluindo frutas, vegetais, grãos integrais e proteínas magras. Evite alimentos muito gordurosos, salgados ou açucarados, que podem sobrecarregar o sistema cardiovascular.

Conheça seus limites – Respeite seus limites físicos e saiba quando é hora de descansar. Não force o corpo além do que ele pode suportar, especialmente se estiver se sentindo mal ou cansado.

Cuidado com o consumo de energéticos – O consumo exagerado de bebidas energéticas pode aumentar a pressão arterial e a frequência cardíaca, colocando uma carga adicional no coração. Opte por alternativas mais saudáveis, como água ou sucos naturais.

Atenção aos sinais de alerta – Esteja ciente dos sinais de problemas cardíacos, como dor no peito, falta de ar, tonturas ou palpitações. Se sentir algum desses sintomas, procure ajuda médica imediatamente

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + seis =