Manaus,
×
Manaus,

Saúde

Dez unidades de saúde da prefeitura participam de programa de fortalecimento à saúde infantil do Unicef

Representantes da Semsa e do Unicef estão cumprindo uma agenda de visitas às unidades de saúde


Dez Unidades de Saúde da Família (USFs), da Prefeitura de Manaus, estão participando do programa Unidade Amiga da Primeira Infância (Uapi), uma estratégia do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), que compreende o apoio técnico, o monitoramento e a mensuração de resultados de unidades de saúde e educação para fortalecer os cuidados à primeira infância.

junho-11_unidade-amiga-da-1a-infancia-3

Divulgação/Semsa

O programa Unidade Amiga da Primeira Infância tem a proposta de, a partir da intersetorialidade, aperfeiçoar as iniciativas de proteção às crianças. No campo da atenção primária, que em Manaus é gerenciada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a parceria com o Unicef prevê reforço na capacitação das equipes e aprimoramento das ações de promoção, prevenção, diagnóstico e acompanhamento do desenvolvimento da primeira infância, de zero a seis anos de idade, ações que já integram a rotina das equipes da Semsa.

O secretário municipal de Saúde, Djalma Coelho, destacou que a parceria é muito bem-vinda e vai ao encontro do compromisso da atual gestão, que tem marcado sua atuação com ações e programas que asseguram o pleno desenvolvimento infantil.

“A Semsa tem se destacado na garantia da assistência à saúde para crianças e adolescentes, e isso quer dizer que há um esforço concentrado em ampliar o acesso ao pré-natal, facilitar o acesso à imunização, promoção da saúde bucal e outras iniciativas que têm o objetivo de garantir que a criança se desenvolva com saúde. A parceria com o Unicef vai fortalecer ainda mais esse compromisso”, sintetizou o secretário.

Como parte do planejamento que formaliza a adesão ao programa, representantes da Semsa e do Unicef estão cumprindo uma agenda de visitas às unidades de saúde para orientar e esclarecer dúvidas sobre o programa.

A ida aos dez estabelecimentos de saúde, sendo dois em cada Distrito de Saúde (Disa), tem o objetivo de possibilitar que os representantes do Unicef conheçam os serviços, esclareçam suas dúvidas e reforcem os vínculos com as equipes. Na próxima terça-feira, 18/6, o ciclo de visitas se encerra com o acompanhamento da rotina nas USFs de Fátima e Livramento, gerenciadas pelo Distrito de Saúde (Disa) Rural.

junho-11_unidade-amiga-da-1a-infancia-2

Divulgação/Semsa

Critérios

A chefe do Núcleo Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente, Janaína Sá Terra, explica que Manaus aderiu à Uapi em janeiro deste ano, iniciando o ciclo com dez estabelecimentos de saúde. Ao longo de um ano, as USFs serão acompanhadas, orientadas e apoiadas em indicadores de cuidados à saúde de gestantes e crianças até seis anos. Ao final do ciclo, uma vez que os indicadores forem alcançados, o estabelecimento de saúde será certificado com o selo da Uapi.

“Esses indicadores avaliam a dinâmica do território em que a unidade está inserida, considerando suas singularidades e complexidades. Podemos citar o acesso ao pré-natal, puerpério e período neonatal, ações para melhoria do estado nutricional das crianças, a promoção do aleitamento materno exclusivo até seis meses de idade e o esforço para vacinar crianças menores de cinco anos de idade, como exemplos de parâmetros a serem atingidos por essas unidades. Estamos confiantes em um bom resultado”, acentua Janaína.

 Unidades

Para avaliar o desempenho das unidades o Unicef se baseia no modelo de Gestão Baseada em Resultados, que considera as demandas do território e a partir destas, elabora estratégias para que os indicadores sejam atingidos.

Pelo Disa Norte, as USFs Sálvio Belota e Prefeito Amazonino Mendes estão participando do programa. Já no Disa Leste, as USFs Lago do Aleixo e Amazonas Palhano aderiram ao Uapi. Na área de abrangência do Disa Oeste, participam as unidades de saúde Parque das Tribos e Deodato de Miranda Leão, enquanto no Disa Sul, as unidades Benedito Almeida e Dr. Luiz Montenegro aderiram à iniciativa. Na zona rural, as USFs de Fátima e Livramento participam do projeto.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 4 =