Manaus,
×
Manaus,

Cinema

Cineclube de Arte apresenta o filme premiado ‘Terra Nova’

Obra audiovisual da Artrupe Produções vai ser exibida neste sábado (16), às 19h


A sessão do Cineclube de Arte deste sábado (16) exibe o curta-metragem “Terra Nova”, filme premiado da Artrupe Produções, com roteiro e direção de Diego Bauer. O curta vai ser exibido às 19h, no Cineteatro Guarany, avenida Sete de Setembro, anexo ao Centro Cultural Palácio Rio Negro, bairro Centro, zona sul. O acesso é gratuito.

cultura_cineclube_terra_nova_larissa_martins_05

Foto: Larissa Martins/Secretaria de Cultura e Economia Criativa

O filme conta a história de Karoline, uma atriz de teatro que encara a primeira onda da pandemia de Covid-19 em Manaus, em abril de 2020, e decide ir a uma agência da Caixa solicitar o seu auxílio emergencial. Ela é acompanhada da irmã que vai tentar reaver o seu emprego.

“O ‘Terra Nova’ é um filme de fúria, de tempo da pandemia, sobre a pandemia, mas, ao mesmo tempo, com o ponto de vista dos artistas, que foram os últimos a receber qualquer tipo de auxílio”, afirma Diego Bauer, roteirista, diretor e produtor executivo do filme, que traz no elenco Karol Medeiros, Isabela Catão, Ítalo Almeida e ainda vozes de Ana Carolina Souza, Glória Vieira e Izabela Garcia.

A obra audiovisual é um dos trabalhos que mais circularam em festivais nacionais e internacionais e o mais premiado da Artrupe Produções. Entre eles está o Prêmio Cosme Alves Netto, da Anistia Internacional, e menção honrosa às atrizes Karol Medeiros e Isabela Catão no 54º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro; Melhor Filme – Júri Oficial e Júri Jovem no 17º Panorama Internacional Coisa de Cinema; Menção Honrosa Competição Latino-Americana na 11ª Mostra Ecofalante de Cinema 2022; Monthly Winner July 2021: Best Foreign Short Film no Istanbul Film Awards, na Turquia; Menção Honrosa no Hommage 2021, na Austrália; Prêmio da crítica no Madras Indepedent Film Festival, na Índia; além da participação no Alvsbyn Film Festival e Lulea Film Festival, na Suécia e Apex Film Awards, no Reino Unido.

“O filme foi o grande vencedor da Mostra Internacional de Salvador, participou de festivais na Europa e Ásia, um dos filmes amazonenses de maior destaque nos últimos anos na nossa cinematografia, mas é a segunda sessão do filme presencial, então é bem novo ainda”, comenta o diretor. “Na sequência, vamos disponibilizar na internet e o público pode participar de um bate-papo com a equipe da produção”.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =