Manaus, 29 de junho de 2022
×
Manaus, 29 de junho de 2022

Moda & Beleza

Ombros de fora. Pernas também

No red carpet do Grammy Awards 2020, artistas apostaram em tendências mundiais e itens das coleções mais recentes das grandes marcas


O tapete vermelho de qualquer premiação é o momento mais esperado pelos apreciadores de Moda. Antes mesmo do evento começar, a chegada dos artistas expõe tendências, gera divergências ou até mesmo cria empatia com o telespectador. É aí que as celebs aproveitam para marcar sua presença através de looks ousados e glamorosos – às vezes um tanto exagerados.

Seguindo a tendência mundial dos ombros marcados, sejam eles cobertos ou expostos, o que se viu repetidamente na 62ª edição do Grammy Awards foi a combinação dessa tendência com grandes fendas na parte de baixo, ou simplesmente deixando as pernas expostas.

A supermodelo Alessandra Ambrosio acertou no macacão da Balmain, da coleção primavera de 2020, enquanto a cantora Jojo e a esposa de John Legend, Chrissy Teigen, também arrancavam olhares para dois bons vestidos, de dois ateliers que estão fora da lista de grandes marcas mundiais – Rhea Costa e Yanina Couture, respectivamente.

Alessandra Ambrósio (Foto: Getty Images/Purepeople)

Jojo (Foto: Getty Images/Purepeople)

Chrissy Teigen (Foto: Getty Images/Purepeople)

Alicia Keys, hoster da premiação, também causou ao iniciar a apresentação usando um vestido prata metalizado do Atelier Versace, com o ombro esquerdo e a perna esquerda de fora, e o ombro direito coberto com detalhes em pedraria. A coerência era tanta que a cantora só precisou de um bom saltinho fino e delicado, e um par de brincos de brilhantes para combinar. Até a maquiagem era pouca, e, segundo especialistas, faz parte uma nova fase onde Alicia tenta evidenciar os traços naturais de beleza.

Alicia Keys (Foto: Getty Images/Purepeople)

Porte físico grande não foi motivo para ficar de fora da tendência, e a cantora Lizzo ainda misturou tudo isso com um tomara-que-caia branco com detalhes prateados, do Atelier Versace, sobreposto por pele falsa e joias de Lorraine Schwartz. O truque utilizado por Lizzo e Ella Mai (tomara-que-caia vermelho, Armani) foi a pontinha ressaltada do vestido, que delimita o espaço do busto e dos ombros.

Lizzo (Foto: Getty Images/Purepeople)

Ella Mai (Foto: Getty Images/Purepeople)

Quem olhou para a tendência e não acertou na aposta foi Heidi Klum, que usou vestido prateado da marca Dundas, coleção outono de 2020, e salto Giuseppe Zanotti. Veja como o decote na parte da frente, até próximo do umbigo, o colar grande e as mangas até o pulso deixaram a apresentadora e atriz alemã com aspecto de cansada. Sem contar que os detalhes do vestido na parte da cintura e a amarração no final do decote fazem parecer com que Heidi tenha uma barriga muito maior do que de fato ela tem.

Heidi Klum (Foto: Getty Images/Purepeople)

Logo, no red carpet ou no dia a dia o que vale para os ombros marcados é a lei do equilíbrio. E se você quiser usar as pernas a seu favor, também atente para não parecer que faltou pano na hora de construir o look. O ideal é que, antes de tudo, o vestido fique bom no seu corpo, e os ombros ou as penas atuem apenas como detalhes positivos. Se usar uma roupa assim, manda pra gente nas redes sociais? Vamos adorar te dar uma forcinha 😉

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code