Manaus,
×
Manaus,

Cultura

Alunos do Núcleo de Música do Liceu Cláudio Santoro realizam recital especial no Palácio da Justiça

O público presente pôde aproveitar apresentações emocionantes e comoventes


Durante os dias 22, 23, 24, 28 e 29 de maio, das 17h às 21h, o Centro Cultural Palácio da Justiça (CCPJ) serve como palco de apresentações para os alunos do Núcleo de Música do Liceu de Artes e Ofícios- Unidade Sambódromo, que estão concluindo seus respectivos cursos.

cultura_liceu_recitais_de_conclusao_marcely_gomes_04

Foto: Marcely Gomes/Secretaria de Cultura e Economia Criativa

Na ocasião, os alunos devem fazer apresentações especiais, com performances de piano, violino, trompete, clarinete, teclado, flauta transversal e violoncelo, destacando o repertório técnico desenvolvido ao longo dos anos de estudo no Liceu.

Ruth Madeira, gerente geral do Liceu Cláudio Santoro- Unidade Sambódromo, destacou a importância da cerimônia de formatura para a carreira artística dos alunos. “O Recital representa um momento de encerramento de uma fase e o início de um novo ciclo dentro da vida desses alunos do Cláudio Santoro”, afirmou.

Segundo Ruth, trata-se de uma jornada intensa, geralmente de dois a três anos. “Nós temos alunos formando aqui de piano, flauta, violino. E tudo isso representa para eles o encerramento e o início de um novo ciclo dentro de uma área mais específica da música “, ressaltou a gerente.

O primeiro dia do recital foi marcado pelas apresentações emocionantes de Victor Amazonas Dias e Isabele Rodrigues de Melo Brasil, ambos com 13 anos. Além de suas apresentações, os jovens compartilharam seus sonhos e objetivos futuros.

Victor Amazonas Dias, começou sua jornada musical aos cinco anos e expressou seu desejo de continuar na carreira musical e buscar oportunidades internacionais. “Eu comecei com 5 anos, e com 6 eu solei pela primeira vez no Teatro Amazonas, toquei um concerto em Lá Menor, com 11 anos eu toquei Mozart, com 12 anos também e agora com 13 anos eu solei um concerto. Pretendo seguir essa carreira, pretendo ir pra São Paulo ou pra Suíça”, revelou.

Isabele Rodrigues, também de 13 anos, planeja continuar seus estudos de violino com aulas particulares e, futuramente, ingressar na Universidade do Estado do Amazonas (UEA). “Quando eu tiver mais maturidade, eu estou pensando em ir para a UEA e fazer violino lá. Aí eu vejo se eu vou querer participar de alguma orquestra, ser solista ou ir para fora”, declarou.

O recital costuma ser um evento emocionante e memorável na jornada desses alunos, celebrando seus talentos e dedicação. Além de proporcionar ao público uma experiência inesquecível de música e arte.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =