Manaus,
×
Manaus,

Carnaval

Márcia Siqueira estreia no Carnaval paulista

A cantora estreia na Mocidade Alegre no próximo sábado (10), com o samba ‘Brasiléia Desvairada: a busca de Mário de Andrade por um país’,


A cantora Márcia Siqueira faz participação especial no Carnaval da cidade de São Paulo. Estreando pelo Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Alegre, a amazonense desfilará na ala musical da escola com a responsabilidade de interpretar a abertura do desfile.

marcia-siqueira

(Foto: Divulgação)

No próximo sábado (10), a Mocidade Alegre apresentará na avenida do samba paulista o tema ‘Brasiléia Desvairada: a busca de Mário de Andrade por um país’, onde abordará as viagens que o escritor modernista fez pelo Brasil, percorrendo o Norte, o Sudeste e o Nordeste.

Segundo o diretor musical da escola, Júnior Denden, Márcia Siqueira foi o resultado de uma pesquisa musical. Durante os primeiros meses de elaboração do samba-enredo, foram realizadas diversas tratativas sobre as vozes do estado, até a identificação da cantora como um retrato da cultura amazonense.

“Fizemos diversas pesquisas durante alguns meses e chegamos ao nome da Márcia através das redes sociais. Além da musicalidade, encontramos na Márcia a imagem marcante da mulher, indígena e uma grande representante da cultura do Amazonas. Uma excelente representação da passagem do escritor modernista pelo Amazonas”, diz o diretor.

Atual campeã do Carnaval paulista, a Mocidade Alegre será a terceira escola a desfilar e Márcia Siqueira terá a responsabilidade de entoar ao desfile o trecho da toada “Prece Cabocla”, de autoria de Enéas Dias e Marcos Moura, onde o final adaptado para enaltecer o tema da escola.

Fundado em 1967, o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Alegre é uma escola de Samba da cidade de São Paulo. Foi campeã do Grupo Especial por 11 vezes. Suas cores oficiais são o verde e o vermelho. Atualmente, é presidida por Solange Cruz Bichara Rezende. O intérprete oficial é o sambista Igor Sorriso, Jorge Silveira é o carnavalesco responsável e a bateria nota 10 é comandada pelo Mestre Sombra.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + oito =