Manaus, 2 de julho de 2022
×
Manaus, 2 de julho de 2022

Geral

Violinista italiana Sara Michieletto se apresenta pela primeira vez em Manaus


Pela primeira vez em Manaus, a violinista italiana Sara Michieletto apresenta o concerto “Emotion for Change”, em conjunto com a Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA), no dia 07 de agosto, quarta-feira, às 20h, no Palácio da Justiça.  

(Foto: Divulgacão)

Sara Michieletto toca nos primeiros violinos da importante Orquestra Sinfônica e de Ópera “La Fenice”, em Veneza. Com vasta experiência internacional, Michieletto se apresentou em importantes orquestras como a Orquestra Filarmônica de Londres e colaborou com maestros como Muti, Prêtre e Chung. Dessa vez, Sara vem ao Brasil para participar do programa de residência artística LABVERDE, programa realizado em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia- INPA, para discussão da natureza, paisagem e ecologia.

Motivada pela  necessidade de preservação da Amazônia, a artista vem à Manaus para criar uma série de composições inspiradas na Floresta e sua importância para a manutenção climática do planeta. Sobre o futuro da região a artista nos alerta que “com o aumento do desmatamento haverá a modificação na dinâmica das nuvens e chuvas, prolongando assim as estações secas e eventos extremos na Amazônia”.  

(Foto: Divulgacão)

Ao longo de concertos, performances educativas e produção de fotos e vídeos, “Emotion for Change”, estimula o público a agir em prol de práticas sustentáveis que preservem o meio ambiente. Motivadas pelo concerto de Sara Michieletto, várias ações ambientais se iniciaram ao redor do globo, como o plantio de sementes nativas, o desuso de plástico em escolas e outras ações pontuais envolvendo a conscientização no uso da água e da energia renovável. .

Em Manaus, Michieletto faz um concerto interativo inédito, interpretando músicas de sua autoria e de importantes compositores como Vivaldi, Sanvido, Albinoni, Strozzi e Villa Lobos, cujas criações foram inspiradas nos sons e nos fenômenos da natureza. Entre uma peça e outra, Michieletto nos conduz pelos sons mais profundos da natureza, chamando atenção para a importância da Floresta Amazônica e seu futuro incerto.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code