Manaus,
×
Manaus,

Esportes

Fluminense sofre virada em casa para o Atlético-GO

O time carioca deixou o Maracanã sob vaias e está no G4


Mais um resultado negativo no Campeonato Brasileiro para o Fluminense comandado por Fernando Diniz e a pressão só aumenta. Neste sábado (15), no Maracanã, em duelo válido pela nona rodada, o Tricolor foi mal novamente e perdeu de virada para o Atlético-GO, com gol aos 50 minutos do segundo tempo, pelo placar de 2 a 1.

images-92

Foto: Reprodução Internet

Os gols da partida foram marcados por Ganso, na primeira etapa, e Luiz Fernando e, Zureta para o Dragão. O tropeço irritou os torcedores, que gritaram “time sem vergonha” e protestaram contra o treinador.

Com o resultado, o Tricolor soma apenas seis pontos e fica na zona de rebaixamento. Este foi o sexto jogo consecutivo pelo Brasileirão sem vitória.

Agressão

Após o segundo gol do Dragão, que aconteceu no último minuto com Zuleta, Felipe Melo se envolveu em uma confusão à beira do campo com o assessor da equipe goiana.

felipe-melo-570x321

Foto: Reprodução Internet

O zagueiro deu um empurrão no assessor do Atlético-GO que celebrava à beira do gramado. O tempo fechou entre os atletas e uma confusão foi instaurada. O árbitro, então, expulsou o defensor, que já havia sido substituído no segundo tempo.

Antes disso, o clima já era tenso no Maracanã mesmo quando o Tricolor saiu na frente com Paulo Henrique Ganso. Com o gol de empate, marcado por Luiz Fernando, a torcida começou a vaiar o técnico Fernando Diniz e entoar gritos de “time sem vergonha”.

Essa atmosfera afetou diretamente os atletas, e Guga deu um tapa na câmera da emissora detentora dos direitos de transmissão do campeonato.

Por fim, com o resultado, o Fluminense, agora, ocupa a 17ª colocação, com apenas 6 pontos. O time volta a campo na quarta-feira (19), para medir forças com o Cruzeiro, às 21h30 (de Brasília), no Mineirão.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + seis =