Manaus,
×
Manaus,

Esportes

Fernando Diniz é demitido do Fluminense

Sete meses após conquista da Libertadores, treinador deixa o clube


Fernando Diniz não é mais o treinador do Fluminense. Após a derrota para o Flamengo, neste domingo, no Maracanã, que manteve o clube na lanterna do Brasileirão, e uma longa reunião nesta segunda-feira, a diretoria tricolor decidiu decretar o fim da passagem do comandante nas Laranjeiras.

images-2-13

(Foto: Reprodução Internet)

Demitido, Diniz vai receber do clube multa rescisória entre R$ 6 milhões e R$ 7 milhões. O auxiliar Marcão vai comandar o Tricolor na partida contra o Vitória, na quinta-feira.

“Diniz deixa como legado desta sua passagem não somente alguns dos títulos mais importantes da história de nosso clube, conquistados em 2023 e 2024, mas também o legado de um trabalho muito bem-sucedido em sua primeira etapa de sua atual passagem, ensinamentos importantes sobre sua maneira de entender o futebol e uma visão humanística que no todo trazem enorme contribuição a este esporte”, afirmou o clube em nota.

Contestado pela torcida nas últimas semanas, Fernando Diniz admitiu no domingo que houve relaxamento da equipe depois dos títulos da Libertadores e da Recopa. Quatro dias antes, após a derrota para o Cruzeiro, ele havia afirmado que seu time foi “muito leniente” após as conquistas.

O Fluminense venceu apenas um dos 11 jogos que disputou no Brasileirão até agora. Foram três empates e sete derrotas. É o pior início tricolor na história dos pontos corridos. No dia 22 de maio, a diretoria tricolor havia renovado o contrato de Diniz até dezembro de 2025.

Fernando Diniz retornou ao Fluminense em abril de 2022, mas viveu seu melhor momento em 2023, quando conquistou o Carioca e o título inédito da Libertadores. Nesta temporada, também levantou a taça da Recopa Sul-Americana, com vitória sobre a LDU.

O treinador encerra a sua segunda passagem sendo o mais longevo do Fluminense no século 21. No último dia 21 de junho, ele chegou a 783 dias no cargo e superou Abel Braga, então primeiro colocado, que comandou o Tricolor de junho de 2011 a 29 de julho de 2013. Na primeira passagem de Diniz, ele ficou nas Laranjeiras de dezembro de 2018 a agosto de 2019.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + doze =