Manaus,
×
Manaus,

Esportes

Pelci celebra o Dia do Treinador de Futebol

Com profissionais qualificados o Governo do Amazonas impulsiona a formação de atletas no maior projeto sócio esportivo do Brasil


No Dia do Treinador de Futebol, celebrado neste 14 de janeiro, o Governo do Amazonas destaca o impacto positivo do Programa Esporte e Lazer na Capital e no Interior (Pelci) no desenvolvimento esportivo e social de inúmeras crianças em todo o Estado. O sucesso do programa é atribuído aos profissionais capacitados e renomados, incluindo ex-jogadores profissionais de futebol que atuam como treinadores.

sedel-fabio-gomes-treinador-de-futebol-do-nucleo-do-pelci-no-estadio-ismael-benigno-foto-julcemar-alves

Foto: Julcemar Alves e Solange Rocha / Sedel

“O Pelci tem um impacto significativo, temos alcançado mais de 15 mil crianças em todo o Amazonas, impulsionando o esporte em diferentes modalidades. No âmbito do futebol, o programa engloba 2.356 atletas, que recebem supervisão de 20 treinadores profissionais”, informou Jorge Oliveira, secretário de Estado do Desporto e Lazer (Sedel).

O coordenador de futebol do Pelci, Ediglê Farias, aos 45 anos, possui no currículo títulos como a Libertadores e um Mundial, com atuação em 21 clubes desta à o potencial do Programa esportivo. “Ter profissionais qualificados com experiência dentro das quatro linhas, é um dos requisitos que faz do Pelci o maior projeto sócio esportivo do Brasil, em breve teremos novos atletas representando nosso estado em todo o Brasil e internacionalmente”, afirmou Ediglê Farias.

“Ser treinador de futebol vai além de técnica e de tática, a partir do momento que a gente tem convivência com os atletas, principalmente aqui no Pelci, de alguma forma a gente consegue ficar inserido na família de todos, contribuindo também para educação, porque o grande intuito do projeto é formar atletas, mas também bons cidadãos”, ressaltou Fábio Gomes, treinador de futebol no núcleo do Pelci, no estádio Ismael Benigno.

Fábio Gomes é formado em Educação Física e ex-jogador profissional, conta com uma trajetória notável em clubes como São Raimundo, Rio Negro, Fast, Nacional, Penarol, Manaus, Baré e Grêmio Atlético Sampaio, onde encerrou sua carreira como jogador.

sedel-fabio-gomes-e-marinelson-saldanha-treinadores-de-futebol-do-pelci-foto-julcemar-alves

Foto: Julcemar Alves e Solange Rocha / Sedel

Outro destaque do programa é Marinelson Saldanha, de 41 anos, que iniciou sua carreira profissional aos 17 anos, jogando em clubes do Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, além de times amazonenses como São Raimundo, Rio Negro e Penarol. Atualmente, atua como treinador de futebol no Programa Pelci, no Campo da Casinha Branca, zona leste de Manaus.

“Ser treinador de futebol no Pelci é um sonho, é ser espelho e poder passar tudo que eu sei para esses atletas. Treinamos três dias na semana com treinos táticos e técnicos. Acredito que com certeza daqui sairão grandes jogadores de futebol profissional”, ressaltou Marinelson Saldanha, treinador de futebol no Campo da Casinha, no bairro Jorge Teixeira.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 2 =