Manaus,
×
Manaus,

Brasil e Mundo

Comissão Municipal de Licitação ganha nova sede

novo espaço visa proporcionar melhor atendimento ao público externo


O prefeito de Manaus, David Almeida, inaugurou nesta segunda-feira (11), a nova sede da Comissão Municipal de Licitação (CML), localizada no edifício Atlantic Tower, bairro Chapada, na zona Centro-Sul da cidade. O novo espaço visa proporcionar melhor atendimento ao público externo, bem como condições de trabalho confortáveis e de qualidade aos servidores.

Foto: Clóvis Miranda/Semcom

“Eu estive visitando semana passada esse espaço, e estou encantado com o que foi feito aqui em relação à qualidade de trabalho que vai ser ofertado para os servidores da CML. Quando assumimos a prefeitura, visitei a antiga sede e chegava a ser insalubre, e assim foi iniciado um trabalho para que a gente pudesse chegar até aqui”, afirmou o prefeito.

A nova sede conta com uma estrutura mais moderna e ampliada, novo auditório e salas destinadas às sessões presenciais, que comportam uma maior quantidade de pessoas, além de opção de estacionamento mais ampliado, com horário de funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Para o presidente da CML, Victor Fabian Soares Cipriano, a nova estrutura terá um impacto direto na eficiência operacional e bons resultados no trabalho.

“Nós detectamos que o antigo prédio da Comissão não tinha condições de atender, a contento, todas as necessidades que Manaus passou a ter, passou a executar dentro da gestão do prefeito David (Almeida). Hoje, a comissão de licitação é dotada com auditórios, com salas de licitações condignas para que a gente possa atender da melhor forma o nosso público externo, que são os licitantes, é quem vai contratar com a administração. Então, eu quero agradecer ao prefeito por ter confiado isso à gente”, destacou o presidente.

Resultados

Na oportunidade, o chefe do Executivo municipal ressaltou, ainda, o avanço da comissão em três anos de gestão. Ele explicou que a CML já conseguiu economizar para os cofres da prefeitura quase R$ 1 bilhão, do valor proposto ao valor contratado em licitações.

“Essa comissão tem conquistado resultados magníficos. Nós encontramos a prefeitura com uma quantidade de contratos indenizatórios absurdos, contratos por emergência, e hoje praticamente todos os contratos da prefeitura estão licitados, mais de 90%, dentro dos parâmetros legais do que preconizam as leis da licitação. Os que ainda não estão licitados, nós já estamos viabilizando, para os órgãos de controle possam ter acesso e fazer a fiscalização legal e devida”, completou Almeida.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 8 =