Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

Treinamento em Suporte Básico de Vida capacita mais de 200 colaboradores que atuam em programas da Sedel

Profissionais do Pelci e RespirAR treinam métodos essenciais que podem auxiliar a socorrer o público dos programas da Sedel em alguma eventualidade


Os colaboradores da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel) participam nesta semana da Capacitação em Suporte Básico de Vida, na sala de mídia da Arena da Amazônia. A ação, realizada com apoio do Governo do Amazonas, visa qualificar profissionais do Programa Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci) e do Programa RespirAR, com métodos essenciais que podem auxiliar, principalmente, em casos de parada cardiorrespiratória.

img-20240605-wa0034

Fotos: Julcemar Alves/Sedel

“Sabemos da importância que tem esse treinamento e por determinação do governador Wilson Lima, estamos capacitando esses profissionais para que eles estejam preparados para qualquer eventualidade que ocorra no ambiente de trabalho”, destacou o secretário da Sedel, Jorge Oliveira.

O treinamento foi dividido em quatro dias, com aulas teóricas e práticas. O início foi na terça-feira (4) e segue até a sexta-feira (7), abordando como reconhecer, avaliar e intervir em casos de parada cardiorrespiratória, acionamento do sistema de emergência, além da orientação com o uso do desfibrilador externo automático.

img-20240605-wa0037

Fotos: Julcemar Alves/Sedel

“Essa iniciativa do Governo do Amazonas, em promover esse treinamento para os colaboradores do Pelci e RespirAR, é primordial para nos deixar atentos a qualquer situação. Para dar o primeiro suporte e amparo, podendo até salvar vidas”, disse o monitor do núcleo do Pelci, no Estádio Ismael Benigno, Fábio Gomes.

Realizado na Sala de Mídia da Arena da Amazônia, ao final da capacitação, todos os participantes recebem um certificado de conclusão.

“Para nós que trabalhamos com idosos e crianças, é bom ter esse conhecimento de primeiros socorros e atenção básica aos pacientes. Com certeza levarei esse aprendizado para o resto da vida”, comentou a estagiária de enfermagem, do núcleo do RespirAR na Vila Olímpica, Letícia Alessandra.

img-20240605-wa0035

Fotos: Julcemar Alves/Sedel

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + cinco =