Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

Secretário de comunicação da Prefeitura vai à CMM e apresenta perícia do vídeo

O laudo independente, realizado por empresa privada, foi entregue aos órgãos que seguem investigando o caso


O secretário municipal de Comunicação, Israel Conte, apresentou nesta quarta-feira (20), no plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM), laudo pericial independente que aponta farsa do vídeo que circulou na internet com denúncia contra a Secretaria de Comunicação (Semcom).

img-20240321-wa0004

Foto: Clóvis Miranda/Semcom

O documento foi entregue pelo secretário à Delegacia Especializada em Combate à Corrupção (Deccor), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM); e ao Ministério Público Estadual (MPE-AM), para que o laudo auxilie nas investigações.

“Desde o início sabíamos se tratar de um vídeo falso, de uma fake news. Para provar a manipulação, recorremos a uma análise técnica e independente. E conforme o laudo, o vídeo expõe grosseiras manipulações, determinadas em recortes e em lacunas nas imagens”, disse Conte aos vereadores.

Sobre o laudo

Em 15 páginas, a Smart, empresa de perícias judiciais e extrajudiciais, aponta que o vídeo é “grosseiramente manipulado”, com o intuito de parecer que uma sacola com valor em espécie é entregue na sede da Semcom a um prestador de serviço de um portal de notícias local.

O laudo é assinado pelo perito Erlan Souza, que afirma: “há de se mencionar que o vídeo periciado apresenta um claro trabalho de manipulação, com edições em pontos muito específicos, quebras de sequência de imagem e som, interrupções nos planos… fato verificado a partir da curvatura das ondas sonoras”, relatou.

“o vídeo está longe de constituir um plano-sequência, descaracterizando-o como evidência de imagem e som de qualquer tipo, não havendo nenhum momento do sequencial de imagens a entrega da referida sacola pela atendente ao autor do vídeo, não havendo veracidade técnica e legal no mesmo ao longo dos seus 2 minutos e 23 segundos de duração”, concluiu Erlan Souza.

Reação da CMM

Após pronunciamento e a apresentação do laudo pericial no telão do plenário da CMM, o secretário, Israel Conte, respondeu perguntas e algumas manifestações de apoio de vereadores.

img-20240321-wa0005

Foto: Clóvis Miranda/Semcom

“A perícia atestou que não existiu entrega de sacola com dinheiro. E, no momento em que o vídeo foi editado, mostra que houve uma intenção de manchar a imagem do secretário, da prefeitura”, disse Fransuá.

“Todas as vezes que temos eleição, temos ataques para tentar atingir candidatos, e, nesse caso”, lembrou o vereador Gilmar Nascimento.

Israel Conte pediu ainda que os vereadores e instituições se unam no combate às fake news, que desde as eleições presidenciais brasileira de 2018 se tornaram presença marcante na internet no período eleitoral, seja contra autoridades, pessoas no geral ou instituições públicas e privadas.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + dezessete =