Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

Prevenção e controle da malária na zona Rural de Manaus

Prefeitura recebe veículos para apoiar ações contra malária


A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), recebeu, nesta quarta-feira (27), de uma empresa concessionária de energia elétrica, duas motocicletas do tipo off road, produzidas para percorrer territórios acidentados, que irão apoiar as ações de prevenção e tratamento da malária na zona Rural da capital.

53615812765_d160256943_c

Foto: Artur Barbosa/Semsa

A doação dos veículos é uma contrapartida da concessionária para mitigar os eventuais impactos ambientais ocasionados durante o processo de instalação da Linha de Transmissão 500 KV Engenheiro Lechuga e de subestações associadas, que passa por nove municípios, dentre os quais, Manaus.

A cerimônia de doação aconteceu na sede do Distrito de Saúde (Disa) Oeste e contou com a presença dos subsecretários de Gestão Administrativa e Planejamento, Nagib Salem, e de Gestão da Saúde, Djalma Coelho, que receberam as chaves das motocicletas com emplacamento da representante da Transporte Energia S/A.

“Nós ficamos muito felizes em receber as motocicletas, que serão muito úteis para as nossas ações de combate da malária. Considerando a dificuldade que os agentes enfrentam no Distrito de Saúde Rural, esses veículos vão facilitar bastante o nosso trabalho nas áreas de difícil acesso”, pontuou o subsecretário de Gestão da Saúde, Djalma Coelho.

Além da doação dos veículos desta quarta-feira, 27, a concessionária de energia já fez a entrega de dois microscópios bacteriológicos, um computador, uma impressora multifuncional, quatro bombas de borrifação, 30 bolsas de lona, 20 kits EPI Diagnóstico, 30 Kits EPI controle químico, duas barracas, nove aspiradores para captura de mosquitos e quatro conchas entomológicas.

O subsecretário de Gestão Administrativa e Planejamento Nagib Salem, observou que contrapartida para minimizar os impactos da linha de transmissão representa um marco importante para controlar a situação epidemiológica nos municípios envolvidos no empreendimento.

“Essas doações fortalecem a política pública de saúde. Estamos muito felizes em receber esse apoio e na nossa realidade, os equipamentos estão sendo muito importantes para reforçar nossas ações de prevenção e monitoramento de casos”, reforçou.

As doações de equipamentos e de veículos seguem o curso do processo de Licenciamento Ambiental para que a linha de transmissão seja edificada e operacionalizada. A Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde solicita um Plano de Ação para o Controle da Malária, que tem o objetivo de fornecer dados e informações para a emissão do Atestado de Condição Sanitária (ATCS), que integra o licenciamento ambiental concedido pelo Instituto Nacional de Recursos Naturais e Renováveis (Ibama).

As chaves dos veículos foram entregues pela Analista de Responsabilidade Social da Transnorte Energia, Regina Pelinze, que explicou que as torres de energia da LT 500 KV Engenheiro Lechuga, passa por nove municípios, sendo três no Amazonas (Manaus, Rio Preto da Eva e Presidente Figueiredo) e seis no estado de Roraima (Rorainópolis, São Luiz, Caracaí, Cantá, Mucajaí e Boa Vista) e a doação de equipamentos é uma demonstração prática do compromisso da empresa com a saúde.

“Essa parceria é benéfica porque une iniciativa e a gestão pública a partir do apoio às ações de combate que a saúde pública já realiza. Dessa forma demonstramos nossa contribuição para que essa endemia não avance mais”, resumiu.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =