Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

Parceria entre Governo do Amazonas e Coca-Cola oferta empregos a mulheres assistidas por políticas estaduais

Vagas são para início imediato e cadastro de reserva


A manhã do último sábado (1) foi de esperança para as mais de 200 mulheres que participaram do encontro promovido pelo Governo do Amazonas, no Centro de Convenções Vasco Vasques, na zona centro-sul de Manaus. A empresa Solar Coca-Cola apresentou as diretrizes da companhia e o programa Solar Portas Abertas, com vagas de emprego exclusivas às mulheres assistidas pela Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

parceria-beneficia-assistidas-da-sejusc_fotos-lincoln-ferreira-sejusc-2

Foto: Lincoln Ferreira/Sejusc

Carla Gonçalves, de 48 anos, estava atenta às explicações da equipe de gerentes e recrutadores da empresa. Desempregada há dois meses, ela busca uma vaga de auxiliar de serviços gerais, atividade que exerce há mais de 15 anos. “Estou correndo atrás de oportunidade e espero que eu consiga. Achei ótimo tudo o que vi aqui, foi maravilhoso e é disso que a gente precisa, de oportunidade”, frisou a candidata.

A seleção para cerca de 30 vagas será em duas etapas. Na primeira, as concorrentes vão cadastrar seus currículos em uma plataforma direcionada por um QR Code gerado para o público presente, apresentando suas habilidades e pontos fortes. As selecionadas farão uma visita à empresa, situada na zona norte da capital, onde passarão pela entrevista, na segunda fase do processo seletivo, ainda nesta primeira quinzena de junho.

Sofia Fontes, especialista em relações governamentais da Solar Coca-Cola, explica que as vagas são efetivas e para início imediato, no entanto, aquelas que não forem selecionadas para as vagas atuais, vão ficar no banco de dados da empresa, podendo ingressar na companhia posteriormente.

“Nós temos diversas ações na nossa companhia para propagar e viabilizar oportunidades, por isso estamos aqui com a Sejusc, de forma acolhedora, com um trabalho diferenciado de obtermos esses currículos. Hoje, nós somos o segundo maior produtor no Brasil e o 15º no mundo, e nossa pretensão é fomentar o ingresso de mulheres e por isso nós trazemos o Solar de Portas Abertas exclusivo ao público feminino”, explica Sofia.

“Essas vagas são efetivas, em que essas mulheres têm uma segurança em ter todos os seus direitos trabalhistas e temos o plano verão, que dão oportunidade dessas mulheres entrarem de forma temporária, isso não significa que todas elas sairão da empresa sem poder conquistar uma vaga efetiva. Existe essa possibilidade também e, em vez de a gente abrir a vaga para o público em geral, a gente busca no nosso banco de dados”, afirma a representante da Solar.

Independência financeira

A Secretaria Executiva de Políticas para Mulheres (SEPM) desenvolve atividades para que o público atendido pela Sejusc tenha os amparos necessários para sair da situação de vulnerabilidade. A secretária executiva de Políticas para Mulheres, Lilian Gomes, participou das tratativas para que a parceria se firmasse e acompanhou a apresentação no sábado.

“A Sejusc tem como primazia o fortalecimento de parceria e a criação de novas, e a Solar entrou nessa esteira através de uma conversa que deu muito certo. Hoje nós trouxemos mulheres que representam associações, que são beneficiadas pelos nossos serviços”, destacou a secretária.

“O Projeto Delas tem uma coordenação específica, que visa essa interação das mulheres com o mundo do trabalho, capacitando aquelas que ainda não tem capacitações e qualificações, para encaminhar ao mercado de trabalho por meio das parcerias, como esta com a Solar Coca-Cola”, finalizou Lilian Gomes.

A SEPM atende na Rua Bento Maciel, Conjunto Celetramazon, bairro Adrianópolis, e em outros pontos, com atendimentos específicos para casos de violências em todas as zonas de Manaus. Os endereços podem ser consultados no site da Sejusc.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × um =