Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

Nosso Centro: Antiga agência central será revitalizada

Prefeitura de Manaus, Iphan e Correios se reúnem para a iniciativa


Dando sequência a uma série de ações para ampliar o programa “Nosso Centro”, da Prefeitura de Manaus, o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) alinham tratativas com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos para poder reformar um imóvel da empresa, hoje abandonado e em estado de depredação, localizado na avenida Eduardo Ribeiro, esquina com a rua Teodoreto Souto, s/nº, na área central da cidade.

dcim100mediadji_0962-jpg

Foto: João Viana/Semcom

As tratativas foram retomadas, nesta segunda-feira (27), com novas análises após uma visita técnica realizada no local na última sexta-feira (24). Os Correios vão realizar ações para manter o prédio mais seguro contra a ação de vândalos e invasões.

Desde o ano passado, a Prefeitura de Manaus mantém diálogo com os Correios para recuperar o imóvel histórico, classificado como unidade de interesse do 1º grau. O próprio prefeito David Almeida expediu ofício aos Correios e o diretor-presidente do Implurb, Carlos Valente, esteve em Brasília para uma reunião com o corpo técnico da empresa.

Para o superintendente em exercício do Iphan no Amazonas, arquiteto e urbanista Rafael Azevedo, o objetivo é trabalhar cada vez mais a preservação do centro histórico, especialmente com esses imóveis importantes que estão sem uso e em um estado de conservação ruim.

“A visita que fizemos foi para conhecer o prédio, ver que soluções podem ser executadas para deixar o prédio mais seguro contra vandalismo e o abandono. E o Implurb, com o qual temos um termo de cooperação, está presente para buscar novos usos para o imóvel”, explicou Azevedo.

Pelo Implurb, o diretor de Planejamento Urbano, arquiteto e urbanista Pedro Paulo Cordeiro, explicou que a visita partiu de um convite do Iphan e dos Correios. “O Implurb foi chamado por conta do desenvolvimento do programa ‘Nosso Centro’. Como estamos com projetos na área, fomos chamados para a visita e rodada de reuniões. É um desejo de todos que esse prédio seja revitalizado. Ele está fechado há muito tempo e sendo depredado. E, logicamente, não podemos deixar de buscar uma solução para sua reforma e novo uso”, completou.

Ano passado, em nota oficial, os Correios informaram estudar a possibilidade de concessão para órgãos públicos, em que o imóvel é reformado e recuperado por um parceiro que passa a utilizar o prédio para a oferta de serviços que beneficiem a população.

O prédio

O prédio, que foi sede da agência central dos Correios, encontra-se abandonado há anos e o edifício tem estilo eclético, tendo sido construído no início do século 20 para abrigar a firma Marius & Levy.

Uma das características marcantes do imóvel é seu revestimento cerâmico e tijolos aparentes em todas as fachadas, um ícone arquitetônico do ciclo da borracha. Ele foi tombado pelo Iphan em 1988 e a empresa de Correios e Telégrafos está no edifício desde 1921.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 10 =