Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

Mutirão para entrega de Carteira de Identidade Nacional em Manaus

Os documentos serão entregues em todos os Prontos Atendimentos ao Cidadão de Manaus


O Governo do Amazonas vai realizar no sábado (27), um mutirão para entrega da Carteira de Identidade Nacional (CIN), em Manaus. Ao todo, 17.441 mil documentos expedidos pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) encontram-se acumulados nos postos de Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC).

ssp-am_mutirao_cin_foto_divulgacao_ssp_am

Divulgação/SSP-AM

O cidadão que já fez seu atendimento e quer confirmar se a CIN está pronta deve acessar o link onde fez o agendamento (https://amcin.e-instituto.com.br/Vsoft.iDSPS.Agendamento) e clicar na aba “Acompanhar Atendimento”. O solicitante pode fazer a consulta a partir do número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou com o número do protocolo de atendimento.

De acordo com o diretor do Instituto de Identificação Aderson Conceição de Melo (IIACM), perito Mahatma Porto, o mutirão será realizado em todos os PACs da capital e em um sábado específico para dar uma opção a quem solicitou o documento, mas, por alguma dificuldade de deslocamento ou de tempo durante a semana, ainda não foi retirar a Carteira.

“Essa ação faz parte das comemorações de um ano de implementação da CIN no Amazonas. Tudo o que fizemos até agora foi para melhorar o serviço disponibilizado à população e mais uma vez, em conjunto com a Sejusc (Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania), disponibilizaremos o serviço neste sábado (27), como uma opção a mais de acesso do cidadão ao seu documento”, afirmou o diretor.

Outras Orientações

De acordo com o diretor do IIACM, Mahatma Porto, o cidadão que confirmar que a CIN está pronta e disponível para entrega deve se dirigir ao PAC onde foi atendido para fazer a retirada do documento. No caso de crianças e adolescentes, os pais ou responsáveis legais devem fazer a retirada.

Mahatma explicou que caso o dono do documento não possa comparecer para fazer a retirada, ele pode constituir um responsável. “Nestes casos a pessoa pode ir buscar o documento de um familiar, mas terá que ter em mãos procuração registrada em cartório, caso contrário, o documento não poderá ser liberado”, afirmou.

 

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − nove =