Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

Mirante Lúcia Almeida

Prefeitura orienta visitantes do mirante para identificação de andares e serviços


Com o recém-inaugurado complexo do mirante Lúcia Almeida e largo de São Vicente, no centro da cidade, a Prefeitura de Manaus reforça informações sobre o funcionamento do espaço para melhor atendimento a todos os públicos que visitam o local.

nosso-centro-2-2

Fotos: Phil Limma/Semcom

Todos os andares têm acessibilidade para Pessoas com Deficiência (PcDs), famílias com carrinhos de bebês, pessoas com mobilidade reduzida, obesos e outros públicos que necessitam de espaços adequados para suas necessidades.

A prefeitura também implantou ampla sinalização, em placas de identificação, com informações sobre os serviços, acesso a andares, banheiros sociais e de serviço, escadas e áreas administrativas para guiar cada visitante ao andar de sua preferência.

O mirante Lúcia Almeida foi construído em um terreno de mais de 2,4 mil metros quadrados, tendo quatro pavimentos – térreo, primeiro pavimento, segundo e terceiro –, com a estrutura vazada para dar ampla vista para a paisagem natural que o cerca, o rio Negro. O prédio tem 58 metros de extensão e uma área construída de mais de 5 mil metros quadrados.

nosso-centro-3

Fotos: Phil Limma/Semcom

Quem chegar ao complexo pela clássica rua Bernardo Ramos, vai passar pelo casarão Thiago de Mello e vai visualizar todo o largo de São Vicente e o mirante de frente.

Quem acessar pela própria avenida 7 de Setembro, já vai dar de cara com o prédio e toda sua beleza, desde a cobertura sinuosa, estrutura vazada, arte urbana, áreas envidraçadas e vários detalhes da reabilitação urbanística, que ainda contou com um trabalho rico de paisagismo e de arte urbana.

Um antigo edifício todo fechado, um bloco, que era apenas um depósito abandonado. Era assim o mirante antes de ser reabilitado na primeira fase do programa “Nosso Centro” e, agora, será um marco para a população, atendendo diversas necessidades atuais, públicas e para todas as faixas etárias.

“Toda essa estrutura está oferecendo vistas panorâmicas do rio e da floresta, um ponto, no centro da cidade, para contemplar o pôr do sol, entre outros atrativos do espaço”, disse o prefeito David Almeida.

O largo de São Vicente tem mais de 3,5 mil metros quadrados, uma área construída do zero, com piso acessível e calçadas em pedra São Thomé. No largo ainda tem um espaço exclusivo para os animais de estimação, um playpet, em área sombreada e debaixo de árvores para momentos de lazer com seus donos e tutores.

nosso-centro

Foto: Phil Limma/Semcom

O último andar já virou point para os amazonenses e visitantes, para fotos, selfies, vídeos e gravações para as redes sociais, tendo vários pontos instagramáveis, como o terraço que avança rumo ao rio, toda a área aberta com amplas janelas de vidro, dando total vista para a paisagem natural e o belo forro de madeira, com seu contorno que lembra um banzeiro.

Acessível

Mirante e largo somam 11 rampas de acessibilidade, sendo 3 distribuídas no acesso ao mirante Lúcia Almeida, 7 no largo de São Vicente e uma no casarão Thiago de Mello. O mirante conta ainda com dois elevadores, que podem ser usados pelos PcDs e Pessoas com Mobilidade Reduzida (PMRs) e o casarão tem uma plataforma exclusiva para PcDs.

O projeto arquitetônico é do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e os recursos investidos são da prefeitura, somando mais de R$ 60 milhões em 4 obras – incluindo ainda o casarão Thiago de Mello e o píer turístico.

“O prefeito David Almeida tem muito orgulho de ter feito este investimento no centro de Manaus, elevando a autoestima do manauara, numa reabilitação como nunca se viu antes, com várias frentes, ocupações, negócios e com o retorno das pessoas ao ‘Nosso Centro’”, completou o diretor-presidente do Implurb, Carlos Valente.

HORÁRIO MIRANTE LÚCIA ALMEIDA E LARGO DE SÃO VICENTE

Operações gastronômicas e pub:

De segunda a quinta-feira, das 10h às 23h;

Sexta e sábado, das 10h à meia-noite;

Domingo, de 10h às 22h;

 

Dois restaurantes (segundo pavimento);

Quiosques de petisco (terceiro pavimento);

Boteco e hamburgueria (terceiro pavimento);

Sorveteria (térreo);

Loja pub (térreo).

Café da manhã

Quiosque café da manhã regional (terceiro pavimento);

Quiosque café (térreo);

Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 15h às 20h;

Aos sábados e domingos atenderá das 7h às 12h e das 15h às 21h.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 1 =