Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

Instituições assistenciais do Amazonas recebem 360 toneladas de peixe

Com investimento de R$ 5,5 milhões, iniciativa do Estado beneficiará 130 mil pessoas em situação de vulnerabilidade


O governador Wilson Lima anunciou, nesta terça-feira (26), a doação de mais de 360 toneladas de pescado que serão distribuídas, neste período de celebração católica da Semana Santa, por 375 instituições assistenciais do Amazonas para 130 mil pessoas em situação de vulnerabilidade.

peixe-no-prato-solidario-arthur-castro-2

Fotos: Diego Peres e Arthur Castro / Secom

O investimento na aquisição dos peixes, que serão doados a Organizações da Sociedade Civil (OSCs) já credenciadas pela rede de assistência do Governo do Amazonas, é de R$ 5,5 milhões, aproximadamente. A entrega às OSCs acontece desta terça até sexta-feira (29), das 8h às 18h, no parque multiuso Eurípedes Ferreira Lins, no Km 2 da BR-174.

“Essa é uma ação que realizamos todos os anos, tem recurso do Fundo de Promoção Social (FPS), tem recurso do Sistema Sepror, através da nossa ADS (Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas) e também da nossa Secretaria de Pesca”, afirmou Wilson Lima.

Junto ao governador, estiveram presentes o deputado estadual Roberto Cidade, que preside a Assembleia Legislativa do Amazonas; e a vereadora Yomara Lins, representando a Câmara Municipal de Manaus; além de representantes das instituições beneficiadas.

“(Essa doação) é de grande importância porque nós estamos atendendo famílias que vivem em vulnerabilidade social e, sobretudo, levando esse atendimento às pessoas com deficiência que nós atendemos na instituição”, disse Ana Cláudia Martins, coordenadora de gestão da Associação dos Deficientes Físicos do Amazonas (Adefa), que tem 43 anos de existência e é uma das contempladas.

Em 2023, com investimento de R$ 4,5 milhões, o Governo do Amazonas entregou 300 toneladas de pescado. Ao todo, 200 instituições foram beneficiadas, alcançando 100 mil famílias credenciadas nas instituições. Ao todo, a gestão Wilson Lima já entregou mais de 980 toneladas de peixe por meio do programa Peixe no Prato Solidário desde que foi criado, em 2021.

Incentivo à piscicultura

Com investimento do Programa de Assistência Familiar (PAF), que integra as políticas públicas do Estado de apoio e incentivo ao setor primário, além de beneficiar instituições sociais, a iniciativa também impulsiona o consumo e a comercialização e o incentivo à piscicultura no estado.

O pescado doado é proveniente de piscicultores da capital e dos municípios de Iranduba, Itacoatiara, Rio Preto da Eva, Presidente Figueiredo, Novo Airão, Careiro Castanho e Manacapuru.

“É muito importante a doação de pescado, pois o Governo do Estado está garantindo o consumo do peixe durante essa semana e na mesa das famílias que mais precisam”, afirmou a diretora-presidente da ADS, Michelle Bessa.

peixe-no-prato-solidario-diego-peres-01

Fotos: Diego Peres e Arthur Castro / Secom

Para fortalecer a piscicultura no estado, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Produção Rural (Sepror), entregou em 2023 mais de 1,2 milhão de alevinos e 1,1 milhão de pós-larvas para quase 1 mil piscicultores de 21 municípios do estado.

Neste primeiro trimestre de 2024 já foram entregues mais de 700 mil pós-larvas e 266 mil alevinos de peixes entre tambaqui, matrinxã e pirapitinga para 500 piscicultores de sete municípios com potenciais produtivos na atividade.

“O Governo do Estado sempre ajuda em toda a cadeia. Nós fornecemos o alevino para aquele piscicultor, entramos com assistência técnica, e na hora da comercialização, o Governo do Estado também está fazendo essa aquisição e ajudando aquelas famílias que mais precisam”, explicou o secretário da Sepror, Daniel Borges.

Feirão do Pescado

Para esta Semana Santa, o governador Wilson Lima anunciou ainda o Feirão do Pescado 2024 para os dias 27, 28 e 29 de março nas zonas centro-sul, sul e norte. Está prevista a venda de mais de 140 toneladas de peixe, que deve movimentar cerca de R$ 3 milhões na economia local.

“Estamos também com as feiras para vender o pescado a um preço mais em conta, porque o Estado está subsidiando esses piscicultores”, ressaltou o governador do Amazonas.

Mais de 40 feirantes de pescado deverão participar do feirão. Os peixes fazem parte da produção de piscicultores de Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Iranduba, Itacoatiara, Rio Preto da Eva, Presidente Figueiredo, Novo Airão, Coari, Manaus, Manacapuru e Maués.

Coordenado pela ADS, o feirão acontece na Arena Amadeu Teixeira, zona centro-sul; no Centro de Convivência Padre Pedro Vignola, zona norte; e no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, zona sul.

Durante os dois primeiros dias, quarta e quinta-feira (27 e 28/03), a população poderá adquirir o pescado das 7h às 19h. Na sexta-feira, feriado da Semana Santa, a venda acontece das 7h às 12h.

Nas edições do Feirão do Pescado, os consumidores também poderão adquirir frutas, hortaliças e acompanhamentos para o consumo do peixe, como a farinha regional, fornecidos diretamente do produtor rural, além de cafés da manhã, almoços e lanches da tarde.

No total, cerca de 100 feirantes de produtos regionais, artesãos e empreendedores da economia solidária devem ser beneficiados por meio da programação.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + 20 =