Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

Detran-AM: Em quatro meses, mais de 300 motocicletas são removidas por falta de placa de identificação

De acordo com a equipe de Fiscalização da instituição, esses veículos, geralmente, são utilizados em assaltos e furtos


O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) removeu, de janeiro a abril deste ano, 370 motocicletas sem placa de identificação, de acordo com informações repassadas pela equipe de Fiscalização da instituição.

motos-sem-placa_credito_isaque-ramos_detran-am-1

Foto: Isaque Ramos/Detran-AM

O Detran-AM tem intensificado as ações de fiscalização junto a motocicletas, motonetas e ciclomotores com o objetivo de identificar esses veículos, visto que os mesmos podem estar envolvidos em acidentes ou, ainda, em atividades ilegais.

Segundo o coordenador de Fiscalização do Detran Amazonas, Arthur Cruz, os veículos não identificados são, frequentemente, utilizados em crimes, tais como assaltos, furtos e fugas.

“Ao recolher essas motocicletas e similares, contribui-se para a segurança pública, impedindo que elas sejam usadas para fins ilícitos”, comenta Arthur Cruz.

Ele ressalta, ainda, a importância de medidas fiscalizatórias como essas, às quais são essenciais e fazem parte de uma responsabilidade coletiva.

“Quando todos cumprem as regras, o trânsito se torna mais seguro. Essas ações não são apenas para punir, mas também para proteger a sociedade como um todo, por meio da prevenção”, finaliza Arthur.

Infração

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o condutor que for flagrado dirigindo um veículo sem placa de identificação ou, ainda, sem condições de legibilidade e visibilidade comete uma infração gravíssima.

A infração acarreta uma multa no valor de R$ 293,47, menos sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além da remoção do veículo.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + quinze =