Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

1.056 novas moradias para vítimas de calamidade na comunidade Pingo D’Água

Prefeito de Manaus assina convênio que garantirá a construção das moradias


O prefeito de Manaus, David Almeida, assinou, nesta terça-feira (9), durante reunião com o ministro das Cidades, Jader Filho, em Brasília (DF), convênio com o Governo Federal que garantirá a construção de 1.056 novas moradias para vítimas de calamidade na comunidade Pingo D’Água, no bairro Jorge Teixeira, zona Norte da capital.

whatsapp-image-2024-04-09-at-16-35-02-1024x683

Foto: Jonas Carvalho / Divulgação

A reunião teve a participação do secretário municipal de Habitação e Assuntos Fundiários, Jesus Alves, e do senador Eduardo Braga.

O prefeito David Almeida explicou que as moradias serão construídas por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Calamidade e que teve articulação do senador Eduardo Braga para assinatura do convênio.

“Mais moradias e dignidade para a população. Esse aqui é o PAC Calamidade, em função do que aconteceu no ano passado na comunidade Pingo D’Água. Com a articulação do senador Eduardo Braga junto ao ministro Jader, nós estamos aqui e assinamos hoje mais 1.056 moradias para Manaus”, comemorou o prefeito.

As 1.056 unidades habitacionais fomentam a implantação do maior programa habitacional da capital amazonense realizado por uma gestão municipal.

“Em Manaus – como eu, o prefeito David e o secretário Jesus já havíamos anunciado -, começa o maior programa habitacional da sua história com o novo Minha Casa, Minha Vida. São 3.680 unidades que já estavam sendo assinadas pelo FAR (Fundo de Arrendamento Residencial) e, agora, mais 1.056 unidades de calamidade para ajudar o povo de Manaus”, disse Braga.

Minha Casa, Minha Vida

A assinatura do convênio garante recursos para construção de 1.056 unidades habitacionais para a comunidade Pingo D’Água, com Manaus sendo a capital com o maior número de moradias liberadas do novo programa Minha Casa, Minha Vida, pelo Governo Federal, com um total de 4.736 casas garantidas até o momento.

Para o secretário Jesus Alves, o convênio é mais uma grande vitória da gestão que tem buscado melhorar as condições da população mais humilde da capital.

“Nós tivemos, infelizmente, uma catástrofe no dia 12 de março do ano passado, na comunidade Pingo D’água. Então, essas 1.056 unidades se somam as 3.680 unidades que já foram assinados na portaria anterior. Já são quase 5 mil unidades habitacionais que serão construídas na nossa cidade. Estamos com uma expectativa muito boa de iniciarmos essas obras com a máxima urgência possível, para que as famílias beneficiadas possam, finalmente, realizar o sonho da casa própria em um local seguro e totalmente estruturado”, finalizou Alves.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 17 =