Manaus,
×
Manaus,

Registrando

Manaus Airport reinaugura Núcleo de Polícia Aeroportuária

O aeroporto dispõe de uma estrutura de segurança robusta com o monitoramento, em tempo real, durante 24h


Um dos principais aeroportos do norte do Brasil, o Manaus Airport, integrante da rede VINCI Airports, está reforçando a estrutura utilizada para o combate ao tráfico de drogas, ao contrabando e descaminho de mercadorias e controle migratório. Fruto de parceria entre a Concessionária dos Aeroportos da Amazônia e a Superintendência da Polícia Federal, o Núcleo de Polícia Aeroportuária (NPAER/PF) foi reinaugurado, com espaço ampliado e modernizado.

img-20240408-wa0038

Divulgação

O aeroporto de Manaus vem recebendo investimentos para a melhoria da infraestrutura dos terminais de passageiros, de cargas e da pista de pouso e decolagem. Os recursos estão sendo empregados na modernização das instalações e equipamentos, viabilizando, assim, um aeroporto mais seguro, otimizando os espaços de trabalho e atendimento ao público, além da aquisição de novas tecnologias para auxiliar as equipes de policiais federais.

Com equipamentos de controle e inteligência, o aeroporto dispõe de uma estrutura de segurança robusta com o monitoramento, em tempo real, durante 24h, de todo o espaço aeroportuário. Além da segurança da aviação, as equipes de policiais federais fazem o controle migratório, o combate ao tráfico de drogas, embarque de passageiro armado e outros crimes como o tráfico de pessoas e a exploração sexual infanto-juvenil.

O Núcleo de Polícia Aeroportuária da PF é responsável por supervisionar as atividades de Segurança Aeroportuária e coordenar contingências visando a Proteção da Aviação Civil e Segurança Aeroportuária, conforme prevê o decreto 11.195/2022. Além da modernização do espaço, a Concessionária dos Aeroportos adquiriu um novo sistema de monitoramento por câmeras, triplicou a capacidade de armazenamento de dados e, em breve, para ampliar o controle da pista de pousos e decolagens, terá radares de superfície com sensor infravermelho com capacidade de detecção noturna de até 500m.

Na área de bagagens, scanners e sensores auxiliam na varredura de malas e mochilas antes do embarque. Sistemas de inteligência são usados para identificação de foragidos e pessoas desaparecidas. Para a prevenção do tráfico, um bodyscan é empregado em casos suspeitos de ingestão de entorpecentes.

A Chefe do Setor de Logística e Administração da PF no Amazonas, Daiane da Glória, reforça:

“A reformulação e os investimentos em segurança no Aeroporto de Manaus representam uma oportunidade única para a Polícia Federal elevar o padrão de seus serviços, garantindo não apenas a segurança física dos cidadãos, mas também promovendo a confiança na instituição e reforçando o compromisso com a sociedade”.

A Diretora-Presidente da Concessionária dos Aeroportos da Amazônia, Karen Strougo, destaca: “A segurança é um fator inegociável e, portanto, a maior prioridade da companhia nos aeroportos operados em todo o mundo. No Manaus Airport, estamos atuando exatamente para disponibilizar toda a estrutura necessária, com espaços reformulados, novos equipamentos, tecnologias avançadas e tudo o que for necessário para garantir ainda mais segurança e eficiência para todos os usuários do aeroporto”.

img-20240408-wa0039

Divulgação

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + 8 =