Manaus,
×
Manaus,

Registrando

Famílias Hospedeiras: lares abertos para intercambistas

Até o final do mês de maio, a organização AFS Intercultura Brasil seleciona voluntários que tenham interesse em acolher estudantes estrangeiros e garantir uma experiência intercultural


Quem disse que não é possível aprender uma nova cultura sem sair de casa? Até o final do mês de maio, a organização AFS Intercultura Brasil seleciona pessoas que tenham interesse em abrir as portas de seus lares para receberem intercambistas no segundo semestre deste ano. Em Manaus, o programa busca pelo menos vinte famílias hospedeiras.

img-20240312-wa0003

(Foto: Divulgação)

Desde 1956, a organização não governamental – parceira da AFS Intercultural Programs (mais antiga organização internacional de intercâmbio) – convida anfitriões dispostos a oferecerem casa, comida e carinho para estudantes que vêm de mais de 50 países, garantindo hospedagens temporárias de no mínimo quinze dias até no máximo onze meses. A seleção é simples e começa a partir do momento em que as famílias se inscrevem no link de cadastro (https://www.afs.org.br/hospede/), detalhando todas as suas informações e preferências.

Voluntário e Presidente do Comitê Manaus da AFS, o empreendedor e pedagogo amazonense Jhony Abreu (criador da startup EduMaker Brasil, com foco na robótica educacional) salienta que as famílias hospedeiras são consideradas elemento chave para o sucesso dos programas de intercâmbio e, quanto mais acolhedores inscritos, mais jovens intercambistas podem participar do projeto.

“Em contrapartida, os interessados em participar desse novo ciclo de recebimento recebem a oportunidade incrível de aprender sobre uma nova cultura. Além de ser um desafio, é uma aventura fazer intercâmbio sem sair de casa”, enfatiza.

img-20240312-wa0004

(Foto: Divulgação)

De acordo com Jhony, não existe um pré-requisito específico para se tornar uma família hospedeira, basta ter disposição para se conectar com o mundo. “Nem uma segunda língua, como o inglês, é uma exigência. É claro que será de grande ajuda se a família souber, mas não é um impedimento para se candidatar”, destaca.

Vice-presidente do Comitê Manaus da AFS, Larissa Aride também deixa claro que a AFS se responsabiliza por despesas do participante estrangeiro, como materiais escolares, transporte e seguro médico. “A saúde, segurança e bem estar dos nossos estudantes é a prioridade número um. Os voluntários e profissionais da AFS são comprometidos e treinados a auxiliar os estudantes e suas famílias hospedeiras durante toda a experiência de intercâmbio”, pontua.

Segundo ela, Manaus já teve mais de 20 famílias participantes e todas receberam orientações dos voluntários da ONG. “Tudo é alinhado e planejado para as famílias terem todo o suporte durante o período que estarão fazendo o recebimento. A AFS tem diretrizes consistentes que se aplicam a todas as Organizações parceiras da rede”, destaca, salienta que mais informações podem ser obtidas pelo contato do Comitê Manaus da AFS (92) 99458 -8889.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =