Manaus,
×
Manaus,

Registrando

Bolsonaro faz pronunciamento dois dias após eleição

O pronunciamento durou cerca de dois minutos, sem citar Lula, presidente eleito no segundo turno, Bolsonaro agradeceu votos


Nesta terça-feira (1), o presidente Jair Bolsonaro (PL) fez seu primeiro pronunciamento. Em um discurso de pouco mais de dois minutos, e sem responder perguntas de jornalistas, Bolsonaro disse que cumprirá a Constituição, agradeceu os votos que recebeu e não citou o presidente eleito no segundo turno das eleições, Luiz Inácio Lula da Silva, no último domingo (30).

Após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter confirmado o resultado, Bolsonaro ficou mais de 40 horas sem se pronunciar. O atual presidente teve 49,1% dos votos válidos, e Lula, 50,9%. Confira o pronunciamento:

“Quero começar agradecendo os 58 milhões de brasileiros que votaram em mim no último dia 30 de outubro. Os atuais movimentos populares são fruto de indignação e sentimento de injustiça de como se deu o processo eleitoral.

As manifestações pacíficas sempre serão bem-vindas, mas os nossos métodos não podem ser os da esquerda, que sempre prejudicaram a população, como invasão de propriedades, destruição de patrimônio e cerceamento do direito de ir e vir.

A direita surgiu de verdade em nosso país. Nossa robusta representação no Congresso mostra a força dos nossos valores: Deus, pátria, família e liberdade.

Formamos diversas lideranças pelo Brasil. Nossos sonhos seguem mais vivos do que nunca. Somos pela ordem e pelo progresso. Mesmo enfrentando todo o sistema, superamos uma pandemia e as consequências de uma guerra.

Sempre fui rotulado como antidemocrático e, ao contrário dos meus acusadores, sempre joguei dentro das quatro linhas da Constituição. Nunca falei em controlar ou censurar a mídia e as redes sociais.

Enquanto presidente da República e cidadão, continuarei cumprindo todos os mandamentos da nossa Constituição.

É uma honra ser o líder de milhões de brasileiros que, como eu, defendem a liberdade econômica, a liberdade religiosa, a liberdade de opinião, a honestidade e as cores verde-amarela da nossa bandeira. Muito obrigado”, finalizou Bolsonaro.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 1 =