Manaus,
×
Manaus,

Geral

Pré-aceleração de Startups

Prefeitura de Manaus inicia último módulo prático do programa


A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), e do Fundo Municipal de Empreendedorismo e Inovação (Fumipeq), iniciou, nesta semana, o último módulo prático “Protótipo e Validação” do programa “Pré-aceleração de Startups”. As aulas acontecem no Casarão da Inovação Cassina, no centro histórico da capital.

Foto: Divulgação/Semtepi

O programa faz parte do edital “Mais Inovação”, com o objetivo de impulsionar os empreendimentos da região. Executado pela organização “Inova Mais”, toda a pré-aceleração é composta por capacitações presenciais e mentorias individuais on-line.

“A Pré-aceleração de Startups em Manaus é um catalisador fundamental para o crescimento econômico, a inovação e a criação de um ambiente empreendedor vibrante na cidade. E nessa reta final do curso, vamos seguir o cronograma previsto para iniciar as mentorias em janeiro do ano que vem”, afirmou o titular da Semtepi, Radyr Júnior.

No total, serão realizados três módulos por turma. O primeiro deles aborda sobre Lean Startup, Design Thinking, Customer Development e Proposta de Valor. No segundo, os participantes aprenderão sobre Modelo de Negócios, Mercado e Marketing, Experiência do Usuário e Pitch. Já o terceiro módulo será totalmente na prática, com Prototipação e Validação, Desenvolvimento e Apresentação do Mínimo Produto Viável (MVP) e mentorias técnicas.

Foto: Divulgação/Semtepi

Previsto para encerrar no dia 22/12, o curso é destinado a 50 startups compostas por empreendedores de negócios formais ou informais (com ou sem CNPJ), micro e pequenos, que tenham um negócio ou ideia inovadora, e que residem em Manaus.

“Eu desconhecia o programa de aceleração voltado para startups, mas optei por me inscrever com o objetivo de destacar meu trabalho no mercado. A participação nesse curso me deu oportunidades exclusivas pela Prefeitura de Manaus. Ao longo das aulas, uma nova perspectiva de negócios se abriu para mim e ela desempenhou um papel crucial na inovação do meu produto”, destacou a participante da turma 2, Anastácia Soares, CEO da startup Bala na Agulha.

Durante a Expo Amazônia Bio&Tic 2023, 10 startups do programa foram selecionadas para participar do “Elevador Pitch”, e três delas conquistaram os três primeiros lugares. Entre elas estão: a Tchibum na Amazônia, em 1º lugar; Gestão Vip, em 2º lugar; e Bala na Agulha, ocupando o 3º lugar.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − seis =