Manaus,
×
Manaus,

Geral

PC-AM alerta para o Golpe do Falso Intermediário

Os infratores utilizam de anúncios de terceiros para negociar veículos usados ou seminovos de forma ilícita


As plataformas digitais facilitam a compra de produtos sem que os interessados precisem se deslocar de onde estejam. Os comerciantes oferecem os mais diversos itens, e veículos também estão inclusos. No entanto, é preciso ter cautela antes de fazer a negociação do carro ou motocicleta dos sonhos, para não ser vítima de fraudes.

Foto: Lyandra Peres/PC-AM

O delegado Rodrigo Barreto, titular da Delegacia Especializada em Roubo e Furtos de Veículos (DERFV), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), conta que existe uma fraude virtual denominada golpe do falso intermediário, cujo os infratores utilizam de anúncios de terceiros para negociar veículos usados ou seminovos de forma ilícita.

“Na maioria dos casos, o fraudador demonstra interesse em comprar o veículo do vendedor fidedigno e pede que ele retire o anúncio do site, sob a promessa que irá adquirir o produto. Neste momento, o golpista coleta todas as informações, cria um falso anúncio, em um perfil também falso e coloca o veículo à venda, com um valor de mercado muito inferior ao valor normal”, disse.

Conforme o titular, trata-se de um estelionato no qual o autor consegue obter vantagem financeira de maneira ilícita, já que ele não é o real vendedor do veículo.

“O caso mais recente registrado na DERFV foi no dia 23 de novembro deste ano, referente a uma motocicleta que estava sendo vendida, originalmente, por R$ 10 mil, e foi adquirida por R$ 3,5 mil – valor abaixo do mercado. Tanto o comprador quanto quem fez o anúncio original é afetado pela ação dos golpistas”, falou.

O delegado ressalta que é preciso ter bastante atenção ao se interessar por certas ofertas divulgadas em redes sociais. É preciso estar atento às informações e aos valores, conferindo que estão de acordo com o mercado, bem como se quem está vendendo é o verdadeiro proprietário do veículo.

Registro de ocorrência

A PC-AM orienta que a primeira medida a ser tomada, caso seja vítima do golpe do falso intermediário, é registrar um Boletim de Ocorrência (BO), na DERFV ou no Distrito Integrado de Polícia (DIP) mais próximo, para que o caso seja apurado.

A DERFV está situada rua Adelaide Carraro, bairro Planalto, zona centro-oeste, e funciona em regime de 24 horas, recebendo denúncias relacionadas a veículos.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 14 =