Manaus,
×
Manaus,

Geral

Amazonastur alerta visitantes sobre riscos de golpe ao contratar serviços turísticos irregulares

O objetivo é combater fraudes e garantir um turismo seguro no Amazonas


Os cuidados para uma viagem tranquila começam com planejamento e a busca por informações sobre os serviços turísticos que se deseja contratar. O Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), destaca ações importantes sobre como evitar golpes e fraudes na hora de procurar por passagens, hospedagem, guias de turismo, passeios entre outras atividades do setor.

amazonastur_acao_integrada_no_porto_da_manaus_moderna_-_foto_lucas_silva_-_amazonastur_5

Foto: Lucas Silva / Amazonastur

Para evitar prejuízos, a instituição orienta ao viajante interessado que procure estabelecimentos com o selo Cadastur, que é o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) do Ministério do Turismo (MTur). Todo guia de turismo, meio de hospedagem, agência de turismo, transportadoras turísticas, organizador de eventos e parques temáticos precisa obrigatoriamente ter esse cadastro. Todas as empresas cadastradas e regulares possuem o selo Cadastur.

Alô Turista

No Amazonas, estabelecimentos e prestadores de serviços turísticos também aderem à campanha “Alô, Turista”. Coordenada pela Amazonastur, a iniciativa alerta os visitantes sobre os riscos de contratar serviços irregulares.

“Nossa equipe técnica trabalha diariamente para orientar e sensibilizar sobre a importância de realizar um turismo seguro e responsável. Além de contratar os serviços regulares e garantir a própria segurança física e de seus bens, também garante que a experiência seja consciente respeitando a nossa floresta Amazônica”, explica o presidente da Amazonastur, Ian Ribeiro.

Com o número do Cadastur em mãos, o turista pode verificar a situação do cadastrado do empreendimento desejado, por meio do site oficial do Ministério do Turismo: https://cadastur.turismo.gov.br/hotsite/#!/public/capa/entrar. O procedimento é simples. Basta clicar na opção “Sou Turista” e preencher com os dados solicitados.

Pacotes de viagens

Os pacotes de viagens com passeios turísticos também são alvos de golpes. Por isso, antes de realizar a contratação desses serviços, é indicado pesquisar sobre os passeios e a empresa que oferece o serviço, pesquisando em sites segmentados os comentários e avaliações. Sempre duvide de promoções “boas demais para ser verdade”, verifique outras empresas com produtos semelhantes e avalie. Ao ver fotos nas redes sociais, leia os comentários e avaliações, postagens, e não clique em links enviados, pois existem muitos perfis falsos.

A atenção é essencial ao realizar o pagamento. O turista é consumidor, e tem seus direitos preservados. É indicado que antes da compra, todas as taxas de pagamento sejam verificadas. Confirme os dados do boleto bancário, os dados do serviço contratado como o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), detalhes do boleto bancário, nome e data de pagamento. E ao contratar o serviço, exija o comprovante de pagamento.

Para conhecer o Amazonas

A Amazonastur tem disponível a ferramenta tecnológica “Amazonas To Go” para auxiliar os turistas que desejam visitar o Amazonas. Disponível 24h e todos os dias, por meio de chatbot e com auxílio da mascote Natu, a ferramenta dá dicas sobre coisas para fazer, lugares para visitar, meios de hospedagens, agências de turismo, entre outros. Todos os empreendimentos presentes são cadastrados e exercem atividades turísticas de forma regular e segura.

Atualmente, o Amazonas To Go está presente em 12 municípios amazonenses. É possível acessar pelo QR Code https://qrfacil.me/Qqdds6kr, telefone (92)99356-8775 ou, ainda, em cartazes espalhados nos principais atrativos turísticos do Amazonas.

Prestadores de serviços turísticos

Para evitar que prestadores de serviços turísticos também caiam em golpes e fraudes, a Amazonastur reforça que o Cadastur é gratuito, que qualquer pagamento para realizar o cadastro como prestador não é verdadeiro. Para realizar o cadastro como prestador de serviço, é necessário entrar em contato com a Amazonastur, órgão vinculado ao Ministério do Turismo, responsável por realizar o cadastro.

Caiu em golpe?

Caso tenha caído em algum golpe, denuncie rapidamente. Além de avisar a instituição bancária, registre um Boletim de Ocorrência o mais rápido possível, por meio do link: https://delegaciavirtual.sinesp.gov.br/portal/

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada em Crimes contra o Turista, atua 24h e o contato pode ser feito via telefone: (92) 3652-1656; e-mail: [email protected]; ou presencialmente, na base da delegacia de atendimento ao turista, localizada no Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − oito =