Manaus,
×
Manaus,

Música

EP ‘Samba de mulher’ é retorno de Lucilene Castro com autorais, após oito anos

Projeto da cantora, contemplado pela Lei Paulo Gustavo Amazonas, tem seis faixas e conta, ainda, com o lançamento de show inédito no Quilombo de São Benedito


A cantora amazonense Lucilene Castro é coisa nossa. Com quase 30 anos de carreira musical e para provar que não parou no tempo, a artista gravou seis novas músicas, integrantes do disco (EP), intitulado ‘Samba de mulher’, com a participação especial do cantor Uendel Pinheiro, na faixa ‘O que aconteceu com você?’. O resultado do novo trabalho da premiada artista, que vai da dor de cotovelo ao empoderamento feminino, já pode ser conferido nas plataformas digitais YouTube Music, Spotfy, Deezer, Apple Music e Tidal.

capa-do-ep-lucilene

Foto: Divulgação

O samba não é novidade na carreira de Lucilene Castro, pois passeia na vertente desde 2001 com o prestigiado ‘Lucilene Castro canta Chico da Silva’, um selo da extinta Fundação Villa-Lobos, e atravessa décadas no repertório da cantora, que se dedicou nos últimos oito anos ao exitoso projeto ‘Elas cantam samba’, ao lado de Márcia Siqueira e Cláudia Trindade.

“O samba é um divisor de águas na minha carreira desde o projeto de canções do Chico da Silva há 23 anos. Com o Elas Cantam Samba chegamos a mais de 100 apresentações desde 2016. E agora com o Samba de Mulher entrego um trabalho bem realizado, com excelentes parcerias e investimento à altura com a Lei Paulo Gustavo”, disse Lucilene.

O EP ‘Samba de Mulher’ saiu do papel graças à aprovação de Lucilene Castro na Lei Paulo Gustavo Amazonas 2023, o que gerou a contratação de mais de 20 profissionais do cenário musical amazonense. O novo trabalho contém as faixas ‘Na moral… Rala’ (Eros Fidelis), Fraqueza (Marquinhos Negritude, Herlon Muleke do Banjo), Filha de Eva (Dudu Brasil e Lívia Prado), Semi-plano (Papaco e Assis Almeida), Será você? (Efraim Amazonas e Markinho Costa) e o dueto ‘O que aconteceu com você? (Uendel Pinheiro).

O empoderamento feminino é a marca do EP de Lucilene, ‘Samba de mulher’. “Pelo próprio título do novo trabalho, esse é um assunto que quero falar: amores, empoderamento, alegrias. O repertório das músicas explora o lugar de fala da mulher”, define a cantora. “Na moral, a fila anda, atrás vem gente, vai, vai ralar peito, sai da frente….”, trecho de ‘Na moral… Rala” evidencia a autoestima da mulher.

Uma curiosidade na produção deste álbum é a parceria de Lucilene com o compositor carioca Eros Fidelis. A aproximação se deu quando Fidelis escutou a gravação de sua autoria ‘Falsa consideração’, na voz da artista amazonense. “Ele disse que gostou do trabalho com sua música e me ofereceu uma nova canção, que prontamente aceitei e agora está no meu EP. Fiquei super feliz com esse intercâmbio, novas forças para minha produção”, destacou Lucilene.

O público já pode conferir nas plataformas digitais de música o EP ‘Samba de mulher’, que tem Lucilene Castro na voz principal e produção executiva, produção artística de Roberto Sena, produção musical de Dudu brasil Célio Vulcão, responsável também por arranjos e direção musical. A equipe também é composta por Alysson Low, responsável técnico de gravação e engenheiro de mixagem; João Marco Nascimento, designer do projeto e capa; Ruth Jucá (fotos); Layane Weickman (maquiagem e cabelo); Uendel Pinheiro, Luanita Rangel, Mara Lima, Ticva Vinícius, Rafaela Bittencourt, Airton Silva, Sérvio Túlio, Danilson Sampaio, Luiz Pardal, Vadzim Ivanou, Anna Samokish, Ênio Pietro, Renan Ramos e Luciano Dias são os músicos do projeto.

O projeto ‘Samba de Mulher’ consiste na gravação de um EP e show de lançamento, que será em agosto, em dia a ser definido por Lucilene Castro. Entretanto, o lugar é certo: Quilombo de São Benedito, na Praça 14, o berço do samba amazonense.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =