Manaus, 2 de julho de 2022
×
Manaus, 2 de julho de 2022

Música

Amazonas Jazz Day acontece neste sábado

Grandes nomes da música instrumental de Manaus participam do primeiro grande evento de Jazz do ano


O Teatro Amazonas será palco do Amazonas Jazz Day. O espetáculo acontece neste sábado (30), as 20h, e será realizado em três partes. Na abertura o Amazonic Jazz Essemble, grupo musical liderado por Leonardo Pimentel, interpretará os grandes clássicos do cancioneiro regional à moda jazzística, como a música “Amazônico”, de Adal; e “Desmontando o Sax”, de Teixeira de Manaus.

 

Em seguida, Humberto Amorim cantará grandes Standards do Jazz. Fechando a noite a banda Blues na Floresta, capitaneada por Regis Gontijo, dará início às comemorações dos seus 30 anos de atividades ininterruptas.Segundo o produtor executivo Ewerton Almeida, “Grandes nomes da música instrumental de Manaus estarão no palco do Teatro Amazonas festejando o Dia Internacional do Jazz, será uma noite inesquecível”. Os fundadores do evento são o percussionista Leonardo Pimentel e o guitarrista Regis Gontijo, dois grandes músicos que tem o Jazz como suas grandes paixões musicais.


Saiba mais sobre os fundadores do evento

Regis Gontijo

Iniciou seus estudos de violão, aos 10 anos de idade, em Manaus. Em 1982, passa a estudar guitarra com Beto Rock. No ano seguinte se dedicou ao violão clássico, com o violonista Elson Johnson. De 1985 a 1991, em São Paulo, dedicou-se ao estudo de guitarra com Felipe Ávila. Durante esse período participou de cursos de extensão na Faculdade de Arte Alcântara Machado – FAAM. Em 1992, retorna a Manaus e forma a banda Blues na Floresta, participando ativamente do movimento musical nas noites da cidade difundindo o Jazz e o Blues.

Em 2009, retorna a São Paulo para gravar seu 1º Álbum, intitulado Amazônia, com a participação de Vinicius Dorin e Nenê. Atualmente está presente na cena Manauara como guitarrista, tocando em diversos eventos. É membro fundador e produtor do Amazonas Jazz Day, grande encontro de jazzistas locais no palco do Teatro Amazonas em comemoração ao Dia Internacional do Jazz.

Régis Gontijo (Foto: Divulgação)


Leonardo Pimentel

Membro fundador do Amazonas Jazz Day e pesquisador nato de ritmos da cultura popular brasileira, Leonardo Pimentel trafega confortavelmente entre o Jazz, o Sinfônico e o Popular. Versatilidade rítmica e musical é a frase que o resume. Em 1995, iniciou os estudos em percussão popular como autodidata. Integrou várias bandas do movimento Reggae e Rock em Manaus e já acompanhou grandes nomes da música local.

Fundou e participou ativamente de grupos instrumentais como: Veneno da Madrugada, Jazz Verde e Blues na Floresta. No teatro, integrou as companhias Vitória Régia e a Pombal, onde foi percussor de uma nova forma de sonoplastia durante os espetáculos. No começo dos anos 2000 iniciou seus estudos em percussão sinfônica no Liceu Claudio Santoro. Em 2004 ingressou na Orquestra Amazonas Filarmônica sob a batuta do maestro Luiz Fernando Malheiro.

Participou de todas as edições do Festival Amazonas de Ópera. Foi membro da Amazonas Jazz Band sob o comando dos maestros Sandino Hohagen e Rui Carvalho. O músico pretende oferecer a plateia em seu espetáculo solo “Percussivo uma experiência única em áudio e vídeo”. Um forma virtual de estar presente no ambiente da floresta a partir de seus elementos, sentidos e sentimentos.

Leonardo Pimentel (Foto: Divulgação)

 

 

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code