Manaus,
×
Manaus,

Amazonas

TCE-AM sedia competição internacional de Direito a partir desta quarta-feira

A edição terá enfoque nas temáticas das mudanças climáticas, desastres ambientais e muito mais


O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) será palco de uma das principais competições de Direito do mundo. A International Negotiation Competition (INC) reunirá estudantes de mais de trinta países para uma competição de negociação com meta na solução de conflitos.

img-20240709-wa0020

Foto: Joel Arthus

É a primeira vez que a competição, criada em 1998, será na América Latina. O palco escolhido foi a Corte de Contas amazonense, devido a estrutura e representatividade na região Amazônica. A edição terá enfoque nas temáticas das mudanças climáticas e desastres ambientais, geopolítica, desafios econômicos, cibersegurança e tecnologia e direitos humanos.

“A escolha da Corte de Contas do Amazonas como sede de um dos mais importantes eventos de negociação do mundo evidencia o nosso prestígio a nível global. A relevância do evento é ainda maior por abordar temáticas ambientais, nas quais temos grande interesse em participar ativamente das discussões”, afirmou a presidente da Corte de Contas, conselheira Yara Amazônia Lins.

“Para a Escola de Contas e o Tribunal de Contas, este evento é um grande feito, já que teremos aqui diversas universidades do mundo todo, numa competição internacional, em um sistema endossado pela Universidade de Harvard e que, por isso, atrai muitas pessoas de fora. Além disso, esses alunos, no futuro, levarão o que o Tribunal faz para suas universidades, permitindo que enxerguem o nosso trabalho. Ficamos muito honrados também pois alguns dos temas que os alunos vão discutir foram sugestões nossas”, declarou o coordenador da ECP, conselheiro Júlio Pinheiro.

Sobre a competição

A International Negotiation Competition (INC) teve origem nos Estados Unidos, e tem por objetivo capacitar profissionais e líderes para a resolução de conflitos, provocando maior celeridade ao processo judiciário ao evitar o litígio como solução única.

A edição de 2024, primeira realizada na América Latina, trará equipes da Austrália, Canadá, Inglaterra, Índia, Indonésia, Itália, Irlanda, Japão, Nova Zelândia, Irlanda do Norte, Escócia, Singapura, Estados Unidos e País de Gales. O Brasil será representado por estudantes de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

“O palco da competição foi estrategicamente escolhido, pois a Amazônia desperta debates com relação ao futuro sustentável do planeta e serão necessárias negociações futuras acerca deste ponto. Os jovens que participarão da competição são os futuros líderes que, provavelmente, estarão envolvidos nas decisões e nas resoluções dos desafios globais, portanto, é fundamental a iniciativa da INC em aproximá-los destes temas”, afirmou o representante da INC na América Latina, Henri Krause.

Cronograma da edição

A abertura do evento será nesta quarta-feira (10), às 14h, com palestra do presidente da INC, Larry Teply. O encontro será transmitido ao vivo pelo canal do TCE-AM no YouTube, em português.

Na quinta-feira (11) pela manhã iniciam-se as rodadas de negociação entre os estudantes, que durarão até domingo. Após esta etapa, os participantes serão premiados conforme avaliação dos jurados.

Com informações da INC

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − dezesseis =