Manaus, 9 de agosto de 2022
×
Manaus, 9 de agosto de 2022

Geral

‘Superlua de morango’ acontece nesta terça-feira e será visível no BR

Veja como observar o fenômeno que deixará o nosso satélite natural maior e mais brilhante do que o normal


Nesta terça-feira (14) uma “Superlua de Morango” será visível em todo o Brasil, se as condições climáticas forem favoráveis, claro.

Isso quer dizer que a Lua aparecerá maior e mais brilhante do que o normal nesta noite, já que ela estará próxima ao seu perigeu, o ponto mais próximo da Terra durante sua órbita. Embora o nome “de morango” dê a entender que a Lua surgirá no céu com uma coloração diferente do normal, isso NÃO acontecerá.

(Foto: NASA’s Scientific Visualization Studio)

Esse nome vem do fato de que, no hemisfério norte, principalmente no nordeste dos Estados Unidos e e no leste do Canadá, essa é a época de colheita de morango na região.

“O Hemisfério Norte está entrando no período do verão e esse é o melhor momento para a colheita do morango. É só por isso. A Lua não vai ficar avermelhada e nem rosa. É uma Lua cheia ‘brilhantona’ e bonita. E ela estará 14% maior e 30% mais brilhante que o extremo oposto, quando ela aparece pequeninha no céu”, aponta Pacini.

A Nasa, a agência espacial norte-americana, explica ainda que o termo “superlua” foi cunhado pelo astrólogo americano Richard Nolle em 1979 e acontece quando uma lua nova ou cheia ocorre quando o nosso satélite natural está a 90% do perigeu.

“Como não podemos ver uma Lua nova (exceto quando ela passa na frente do Sol), o que chamou a atenção do público nas últimas décadas são as superluas cheias, pois são as maiores e mais brilhantes luas cheias do ano”, diz a agência espacial.

Visível ao olho nu

O fenômeno de hoje será completamente visível ao olho nu. Gustavo Rojas, físico do NUCLIO – Núcleo Interativo de Astronomia e Inovação em Educação de Portugal, explica que no Brasil, essa superlua será visível durante toda a noite e que não é preciso o uso de telescópio ou qualquer instrumento do tipo para observá-la.

“O telescópio não ajuda muito. O telescópio vai aproximar e ampliar a imagem, mas no caso da superlua não é necessário”.

“Todo mundo vai conseguir observar esse evento. É só olhar pro céu e curtir uma Lua mais brilhante e maior. Uma Lua cheia muito bonita de junho”, complementa Pacini.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code