Manaus, 3 de julho de 2022
×
Manaus, 3 de julho de 2022

Geral

Primeiro núcleo indígena do Pelci é consolidado em Tabatinga

O Projeto de Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci) agora tem seu primeiro núcleo indígena e atende 200 crianças da etnia Ticuna


Situada em Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus), a comunidade Umariaçu 1 e 2 agora faz parte do projeto, recebendo também fomento esportivo. O primeiro núcleo indígena do Projeto Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci) foi lançado pelo Governo do Amazonas, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar).

(Foto: Divulgação/ Faar)

O núcleo indígena conta com 200 crianças, atendidas com modalidades de futebol, futsal, vôlei, handebol e basquete. Ao todo, o polo de Tabatinga já conta 450 alunos e alunas matriculados no projeto que visa fomentar o esporte de base no Amazonas. A comunidade recebeu equipamentos esportivos como bolas, cones, kits de apitos, bambolês, redes de gol, coletes, além de uniformes padronizados.

“É uma honra ser a primeira comunidade indígena a integrar o Pelci. Dessa forma alimentamos nosso sonho de revelar atletas de alto rendimento para representar o nosso estado em grandes competições”, comentou o cacique Rockson Cruz.

(Foto: Divulgação/ Faar)

Para o diretor-presidente da Faar, Jorge Oliveira, esse é um momento histórico do Amazonas, principalmente para as crianças e jovens do Alto Solimões. “O governador Wilson Lima determinou que onde houver uma joia, onde houver um grande atleta, vamos buscar e vamos fomentar. Ou seja, estamos aguardando sair desse novo núcleo um grande atleta de alto rendimento”, disse. Confira a entrevista completa na sono a seguir.

(Áudio: Divulgação/ Faar)

O interior do Amazonas, além de Tabatinga, conta com polos do Pelci nos municípios de Humaitá e São Gabriel da Cachoeira.

Capital – Na capital do Amazonas, o Pelci conta com 11 núcleos ativos. Na sexta-feira (22/04) foram lançados dois núcleos: o Campo do Curió, com atividades de futebol, vôlei e jiu-jitsu; e o Campo do Buracão, com futebol.

Além desses, o CDC da Compensa, que conta com luta olímpica e futebol; Arena Amadeu Teixeira, com futsal, jiu-jitsu, vôlei, handebol e basquete; Vila Olímpica de Manaus, com atividades de atletismo; Campo do Prosamim no Santo Agostinho; Escola Estadual Solon de Lucena, como núcleo para os estudantes da rede de ensino; e o Campo do Passarinho, com futebol e vôlei.

Você também pode gostar...

Os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressam a opinião do Portal Mazé Mourão. Você pode ser denunciado caso comente algo racista, injúria ou conteúdo difamatório.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code